Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Suéter: como usar a peça perfeita para os dias de frio

Tipo:


São vários os tipos de casacos que podem ser classificados como suéter, seja variando no estilo ou no tecido. “De tricot, crochê ou lã, eles são de manga comprida e servem para proteger do friozinho”, define a consultora de imagem, Clarice Dewes.

Os estilos de suéteres podem variar desde abertos com botões, até fechados e com diferentes golas. O suéter aberto é ideal para dias não tão frios, podendo ser usado com saia e vestido. Um ótima dica é usar um cinto por cima para ajudar a definir a silhueta. Já os modelos fechados podem variar conforme o seu tipo de gola. A gola em V é a mais clássica, mas também existem suéteres com gola careca e gola alta, em formato de blusão e os famosos pullovers.

Por ter tanta variedade de modelos, o suéter combina com todos os estilos e com qualquer tipo de roupa. “As versões mais justas e com gola V ficam ótimas com camisas. Já os mais amplos e de gola alta ficam elegantes quando usados sozinhos e com calças mais coladas ao corpo”, explica a consultora de imagem.

Aprenda a usar o suéter

O suéter é versátil e pode ser usado por qualquer mulher, independente do tipo físico. “Mulheres que possuem ombros largos devem preferir os com decotes. As com quadril predominante podem escolher modelos mais compridos que disfarçam bem a região com volume”, ensina Clarice.

Para quem quiser evidenciar a parte de cima do corpo, uma dica que a consultora dá é escolher suéter com gola alta e tramas maiores. “E as mulheres que querem disfarçar gordurinhas devem fugir dos mais justinhos”, determina Clarice. No entanto, com tantos tipos de suéter fica fácil combinar e escolher um que caia bem em seu corpo.

Abaixo, seguem várias dicas de como usar o suéter com outras peças do seu guarda-roupa de forma a facilitar a sua vida e deixar o seu look mais estiloso.

Suéter com legging

Se existe uma combinação clássica e certeira para os dias frios, sem dúvida é a dupla suéter e legging. Além de confortável, as duas peças nos deixam aquecidas e com a cara do inverno. Suéteres mais longos ajudam a tirar o foco que a legging proporciona ao quadril, disfarçando as gordurinhas e deixando a combinação apropriada para o ambiente de trabalho.

Para complementar os looks com suéteres, aposte em botas e camisas por baixo do casaco. Se a intenção for deixar o look mais descontraído, opte leggings estampadas ou coloridas. A escolha do colar também ajuda a dar mais estilo para a combinação suéter e legging. Colares mais longos ficam lindos em looks mais casuais.

Suéter com jeans

Suéter e jeans é outra combinação casual e bastante confortável. “O jeans é uma ótima companhia para o suéter”, opina a consultora de imagem. Para sair do básico, Clarice sugere que se opte por suéteres mais escuros, passando a sensação de sofisticação. Tanto o jeans skinny, quanto o flare e a pantalona ficam ótimos com o casaco.

“Capriche nos assessórios: brincos grandes, maxi-colares, bolsas ou um belo par de botas de cano alto levantam qualquer produção”, enumera Clarice para deixar o visual mais sofisticado. Com o jeans, qualquer tipo de suéter fica perfeito, por isso, saia do lugar comum e escolha casacos mais diferenciados.

Suéter com saia

Para romantizar o suéter, escolha a combinação com saia. Você pode usar tanto o casaco por dentro quanto por fora da peça. “Saias justas, como as lápis e mini, ficam bem com os mais larguinhos. Saias amplas ou rodadas podem perder a graça se usadas com suéter largo também. A dica é escolher um mais justinho e usar por dentro da saia ou com um cinto marcando a cintura”, detalha a consultora.

Em dias mais frios, opte por usar uma meia-calça como proteção para as pernas. As botas de cano longo também podem fazer essa função, além de deixarem o visual mais sofisticado e moderno. Para dias mais quentes, aposte em cores claras e coloridas, dando um ar mais veranil para o seu look.

Suéter com shorts

Engana-se quem acredita que o suéter só possa ser usado com peças de inverno. A combinação do casaco com o shorts proporciona looks modernos e bastante estilosos, tanto para dias mais quentes quanto para os dias de frio. “O short é um ótimo complemento, pois equilibra com as mangas compridas do suéter, já que as pernas estarão de fora”, define Clarice.

Com o shorts você pode fazer diversas combinações e variar no estilo. “Para um visual mais esportivo, os tênis são ótimos companheiros. Mas, se o frio apertar, uma meia escura combinada com botas deixam o visual moderno”, reforça a consultora. Uma ótima dica é combinar a cor da bota com a da meia, criando uma silhueta mais alongada.

Suéter para mulheres plus size

O suéter é uma peça versátil e pode ser usado por mulheres com qualquer tipo físico. Para as mulheres plus size, a consultora detalha algumas dicas certeiras para usar a peça. “Lembrar sempre de mostrar o colo. Roupas muito fechadas dão mais volume a qualquer região e, por isso, dê preferência aos suéteres com gola V”, reitera Clarice

“Outra dica é sempre mostrar partes mais finas do corpo, como pescoço e pulso. Dobrar ou levantar a manga do suéter até o meio do antebraço, por exemplo, dá essa sensação de quilinhos a menos”, ensina a consultora de imagem. Suéter aberto com algo marcando a cintura ajuda a criar uma silhueta mais definida.

Suéter para eventos noturnos

Apesar do suéter ser uma peça casual, também é possível criar looks mais apropriados para eventos noturnos com ele. “Tudo dependerá do restante da produção, mas modelos de cores mais escuros e não tão amplos são mais sofisticados. Há versões com brilhos, como lurex e paetês, por exemplo, que não precisam de mais complementos para ficarem lindos na balada”, afirma Clarice.

Para criar um ar de sensualidade, a dica que a consultora dá é apostar em modelos com estampa de animal. Se você preferir um suéter mais baixo, capriche nos complementos como sapato de salto, clucth, maxi colar e uma maquiagem poderosa. Com essas combinações não há como não arrasar na próxima balada.

Suéter com sobreposição

Tanto usado por cima quanto usado por baixo, o suéter é ideal para criar looks de sobreposição. Por cima dele, você pode usar coletes, trench coat, blazer e cachecol. Já por baixo, a combinação ideal é com camisas, deixando a gola aparecendo. Para a sobreposição não virar uma bagunça, dê preferência a peças com cores semelhantes ou ao tradicional preto e branco.

Suéter no verão

O suéter é uma peça essencialmente usado no inverno, no entanto, ela também pode fazer parte do seu guarda-roupa de verão. Dê preferência a tecidos mais leves e cores mais claras. Os suéteres abertos ajudam a arejar o visual e a compor o look para dias mais fresquinhos no verão.

Uma dica que a consultora dá para quando o dia esquentar é jogar o suéter nos ombros. “Faz as vezes de acessório para compor o look!” As peças por baixo do suéter também devem ser frescas e com a cara do verão. Dê preferência a vestidos, saias e rasteirinhas para criar um visual leve e perfeito para os dias de sol.

6 cuidados com o seu suéter

O suéter é uma peça delicada e merece todo o cuidado para ser conservado, por isso, com a ajuda da consultora de imagem, fizemos uma lista com os principais cuidados que você deve ter com o seu suéter para mantê-lo intacto por muito mais tempo:

Não pendurar: nunca pendure o seu suéter em cabides pois a lã ou o tricot deformam ao ficarem pendurados. “Eles sempre devem ser guardados dobrados”, recomenda a consultora Clarice;
Remover os fiapos: outra dica que Clarice nos conta é para remover regularmente os fiapos, bolinhas ou fios que acabam aparecendo com o uso. “Ao seguir esta recomendação, o suéter durará muito mais tempo.”;

  1. Ler as instruções da etiqueta: se você está em dúvida sobre como lavar ou secar o seu suéter, consulte a etiqueta da peça. “A grande maioria é lavado à mão, principalmente os que são de lã”, reforça a consultora;
  2. Lavar a peça do avesso: para não danificar a peça, lave-a do avesso, isso ajudará a conservar o tecido e deixar o seu suéter com cara de novo por muito mais tempo;
  3. Não torcer após a lavagem: um grande erro ao se lavar o suéter é torcer a peça. “Uma dica é remover o excesso de água enrolando-o numa toalha”, ensina Clarice;
  4. Passar em temperatura baixa: alguns tecidos não podem ser passados, por isso, confira sempre as recomendações da etiqueta antes de usar o ferro na sua peça. Outros tecidos, como o poliéster, pedem temperaturas mais baixas. “Vá sempre com a temperatura baixa, principalmente nos tecidos sintéticos, como poliéster, que muitas vezes vem imitando o tricot. Já os de lã aguentam temperaturas mais altas”, detalha a consultora.



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário