Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

8 formas de limpar a área íntima que destroem sua saúde

Tipo:

Fazer a higiene íntima não é difícil. É até um pouco intuitivo, tanto que muitas vezes você acaba fazendo sem prestar muita atenção. Mas não deveria ser assim, pois essa é provavelmente a parte mais delicada do seu corpo. Listamos 8 erros que você comete com a sua área íntima na hora do banho. Conheça e evite.

Esfregar com esponja

Usar buchinha para limpar a vulva (a parte externa da área íntima, a vagina é o canal interno) não é uma boa ideia. Além de ser repleta de bactérias que podem facilmente ser transmitidas para sua genitália, a esponja pode machucar a mucosa, que é mais sensível que a pele.

Usar sabonete alcalino

O pH da vagina é levemente ácido, por isso, usar um sabonete alcalino pode alterar o equilíbrio da flora vaginal. O resultado é a transformação de alguns micro-organismos, que normalmente estão presentes na região, em causadores de doenças.

Compartilhar sabonete

Sabonetes não são esterilizados e, se você dividir o seu com alguém, os micro-organismos também serão compartilhados. Opte pelas versões líquidas, que além de evitarem o problema, costumam ser mais suaves.

Fazer ducha vaginal

Nos Estados Unidos, é comum que as mulheres façam ducha íntima com um produto comprado em farmácia. Aqui pelo Brasil, algumas mulheres usam o chuveirinho durante o banho. O hábito ruim pode desequilibrar a flora vaginal e fazer com que alguns dos micro-organismo, como a Candida albicans, cresçam e causem doenças.

Lavar muito

De acordo com a ginecologista Bárbara Murayama, o excesso de lavagem tira a barreira de proteção e altera a flora vaginal, o que causa candidíase e vaginose.

Lavar de menos

O canal vaginal é autolimpante, ou seja, a secreção produzida retira qualquer sujeira ou micro-organismo inconveniente que haja ali e leva até o lado de fora. Seu papel é apenas garantir que tudo isso seja eliminado da vulva com água e sabão.

Esfregar para enxugar

A mucosa da vulva é mais sensível e machucável que a pele por isso, é preciso lavar e enxugar a região com bastante cuidado para não causar lesões.

Não limpar e enxugar todas as dobrinhas

É importante lavar cuidadosamente todas as dobrinhas, principalmente a que fica entre os grandes e pequenos lábios. Nessa região se acumula o esmegma, resíduo esbranquiçado composto por células epiteliais descamadas e oleosidade. Enxugar bem a região também é fundamental, uma vez que a umidade torna a vulva o ambiente perfeito para proliferação de bactérias.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário