Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Médico aconselha a abortar bebê. A mãe diz “NÃO” e ao nascer, eles veem isso…

Tipo:


Os filhos são verdadeiros milagres para os casais que se amam. O nascimento de um bebê demonstra o amor e carinho que existe entre os pais.

Holly Hodson também estava radiante com a ideia de ser mãe. Mas, quando fez um ultrassom aos 8 meses de gestação, ela descobriu uma grave doença no seu feto…

Ele tinha gastrosquise, uma má-formação causada por um defeito na construção da parede abdominal. Isso faz com que o bebê fique com uma abertura na região abdominal, e que os seus intestinos e estômago fiquem fora do corpo.

O seu médico rapidamente aconselhou a interrupção da gravidez a Holly, dizendo que não havia chance de Teddy sobreviver.

Ela e o marido Stephen se recusaram a abortar e decidiram lutar pelo filho. Depois de uma longa pesquisa, e de falarem com alguns especialistas, eles descobriram que existia uma pequena hipótese do menino sobreviver.

No dia 14 de dezembro de 2015, Teddy veio ao mundo. O intestino, que estava fora do seu corpo, foi colocado num filme de plástico por 15 dias, enquanto o seu estômago crescia.

Os médicos realizaram uma cirurgia para colocar os órgãos dentro de seu corpo novamente e, 8 semanas depois, o garoto voltou para casa, saudável.

Holly voltou a falar com o profissional de saúde que sugeriu a interrupção da gravidez, para dizer que Teddy tinha sobrevivido, e ele se desculpou, desejando as maiores felicidades à família.

null

Agora, com 7 meses, ninguém diria que esse bebê esteve entre a vida e a morte. “É um menino tão feliz. Ele simplesmente adora fazer caras e falar com as pessoas. Ele sempre sorri e é simpático com pessoas que ele ainda nem conhece. Ele é maravilhoso”, diz a mãe.



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário