Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Estudo descobre regime ideal: queima gordura

Tipo:

88804000.jpg

 

Se houver um santo graal para perda de peso, esse seria um programa que permite que além de queimar gordura rapidamente, aumentar muscular. Chegou a hora: um novo estudo divulgado pelo The New York Times descreve um regime de treino e dieta que realiza bem essas duas metas. No entanto, pode não ser tão fácil.

Como acontece normalmente

Para a maioria de nós, perder peso e mantê-lo já é uma tarefa difícil. Se você consome menos calorias do que seu corpo necessita para as operações diárias, ele busca outras fontes internas de combustível: basicamente gordura corporal e massa magra, ou muscular.

Quando alguém em dieta perde um quilo de massa corporal (sem incluir a água), muito desse 1kg pode se consistir em gordura. Mas cerca de um terço ou mais pode ser composto de músculo. O problema com a perda muscular é que, ao contrário do tecido adiposo, o músculo queima calorias. Ter menos músculo significa uma taxa metabólica de repouso mais baixa, o que representa queima menor de calorias ao longo do dia.

Assim, pesquisadores vinham em busca de programas para perda de peso que represente quantias de perda em gordura, mas sem qualquer declínio dos músculos. Para os cientistas da Universidade McMaster, em Ontário, Canadá, esse objetivo parecia exigir uma alta dose de proteína e também abundância de exercícios.

Como eles sabiam, os aminoácidos da proteína ajudam o tecido muscular a se manter e a crescer. Muitos estudos anteriores já haviam sugerido que dietas de baixa-caloria, mas de alta-proteína, poderiam resultar em menos perda de massa muscular do que as dietas com o mesmo número de calorias, mas menos proteína.

No entanto, qual a melhor dosagem de proteína indicada nestas circunstâncias se mantinha desconhecida, assim como o papel, se é que haveria algum, para a prática de exercícios físicos. Então, os pesquisadores de McMaster juntaram 40 jovens com sobrepeso e dispostos a se comprometer em um programa de perda de peso intensivo e os dividiu em dois grupos.

O plano alimentar x físico

Todos os jovens começaram uma dieta em que suas calorias diárias foram reduzidas em 40% (em comparação com o que eles precisavam para manter peso). Mas para a metade deles, o planto alimentar consistia em 15% de proteína, 35% de gordura e 50% de carboidrato. Para os outros 20 voluntários, foram trocados as rações de proteína e gordura, de modo que 35% das suas calorias provinham de proteína e 15% de gordura. Ou seja, sua ingestão de proteína foi cerca de três vezes a ingestão diária recomendada para a maioria das pessoas.


SHUTTERSTOCK
Aumentar a dose de proteína e de exercícios é o plano ideal e estratégia de muitos

Todos os jovens também entraram em uma rotina de exercícios esgotante. Seis dias por semana iam ao laboratório reportar um circuito intenso de treinamento de peso, intervalos de alta intensidade, e série de saltos explosivos. A rotina de dieta e exercício continuou durante quatro semanas.

Ao fim do período, todos os participantes tinha conseguido perder peso. Os homens de ambos os grupos pesavam cerca de 5 a 6 quilos menos, em média. Mas foi a composição da perda de peso que os diferiram.

Diferentemente da maioria das pessoas em dietas de baixa caloria, os homens que se submeteram ao regime de altas doses de proteína tiveram ganho muscular durante o mês. Assim sendo, nestes homens, quase todos os quilos perdidos mais de tudo tinham sido gordura.

Estes resultados sugerem fortemente que a proteína extra é aconselhável durante a perda de peso para evitar a perda muscular. Mas a prática de exercício físico também é fundamental, em particular, os treinos com uso de cargas e pesos, indicados para a construção dos músculos.

No entanto, este tipo de corte de calorias extrema combinado com exercício intenso “não é um programa sustentável a longo prazo”, disse o Stuart Phillips, que coordenou o estudo. Segundo o especialista, é controlável a curto prazo por pessoas que estão muito empenhadas e são muito saudáveis.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

1 votos, média: 5 de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário