Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Dieta perfeita para quem quer perder gordura e ganhar músculos: os fatos sobre ela

Tipo:


Se além de perder peso e eliminar gordura você ainda pretende ganhar músculos através de atividades físicas provavelmente já ouviu falar na dieta do ciclo de carboidratos, adotada por famosas como Kelly Key e a musa fitness Bella Falconi, duas beldades que desfilam barrigas chapadas de dar inveja.

A dieta do ciclo de carboidratos consiste em alternar a quantidade do nutriente consumida em um período de, aproximadamente, 4 dias. O objetivo do regime é diminuir o percentual de gordura corporal sem perder força e ou diminuir o desempenho no treino.

Dietas de proteína ficaram famosas por ajudar a perder gordura de forma rápida, mas, além de poder comprometer o organismo, cortar completamente o carboidrato da alimentação não é uma forma adequada, especialmente para quem pratica musculação. Afinal, o nutriente é essencial para que você tenha energia para o treino e consiga definir o corpo.

Como é a dieta do ciclo de carboidratos

Também conhecida como dieta carb cycle, o método aposta na variação de períodos de baixa ingestão de carboidratos com outros períodos de moderado e alto consumo do nutriente. Nos dias em que o consumo de carboidrato é baixo, o corpo perde gordura. Já nos dias de consumo alto, acontece o crescimento muscular.

Entenda como é a dieta do ciclo de carboidratos

O tempo determinado para a realização do ciclo varia, mas costuma ser algo em torno de 4 dias, seguindo a “regra”: no primeiro dia você consome 50 g de carboidratos, no segundo 75 g, no terceiro 100g e no quarto 150 g, retornando assim ao início do ciclo.

Especialistas alertam que, embora os resultados costumam aparecer na prática, não há comprovação científica do método e que ele deve ser adotado apenas por quem já realiza um treino mais avançado. Por ser uma dieta, de certa forma, restritiva, precisa de disciplina e por isso não é recomendada se você acabou de sair do sedentarismo e iniciou agora suas atividades físicas.

Além disso, é importante ressaltar que não é qualquer tipo de carboidrato que pode fazer parte da dieta. Você deve apostar em alimentos de baixo índice glicêmico, que promovem pouco pico de insulina no corpo. Alguns exemplos de carboidratos que combinam com a dieta são batata doce, inhame, mandioca, tapioca, aveia, arroz e massas integrais.



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

2 votos, média: 3.5 de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário