Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

A polícia alerta sobre esse hábito no Facebook. Mas para essa mãe é tarde demais

Tipo:


É um dia como outro qualquer. Mãe e filha curtem um dia de sol numa piscina pública. Como é de costume, a mãe decide tirar uma foto da filha e postar em seu Facebook repleto de hashtags e declarações de amor.

A foto mostra a filha de biquíni. Até aí nada de anormal, se a internet não fosse recheada de pessoas com más intenções que veem as crianças como presas fáceis para a realização de seus desejos mais perversos.

Para essa mãe, o alerta sobre os perigos dessas postagens chegou tarde, pois investigadores têm encontrado fotos de milhares de meninas em sites de pornografia infantil. Segundo a polícia, há pessoas que trabalham vasculhando as redes sociais à procura dessas imagens e os pais, sem saberem, acabam facilitando esse propósito.

A polícia ao redor do mundo tem alertado os pais para deixarem de publicar fotos de seus filhos nas redes. Os 4 motivos para isso são:

1. As fotos vão parar diretamente nas mãos de perseguidores, criminosos e pedófilos. Estranhos podem ter livre acesso e utilizarem estas fotos, assim como descobrirem onde a criança e sua família moram.

2. As fotos de criança dão um mau exemplo em termos de proteção de dados. Os pais estão consentindo que a privacidade delas seja exposta na internet.

3. Estas fotos facilitam o roubo de identidade, quando estranhos desejam falsificar um perfil de usuário com o objetivo de se aproximarem de uma outra criança ou adolescente pela internet.

4. Fotos de crianças podem levar ao bullying. Claro, os pais podem achar as fotos uma graça, mas mais tarde, quando seus filhos atingirem a puberdade, eles podem ser vítimas de bullying por causa das imagens.

Há países que já estão tomando as devidas medidas contra isso. Na França, por exemplo, publicar fotos sem o consentimento da pessoa pode gerar uma multa de R$ 177.000,00 ou um ano na cadeia! Ou seja, crianças maiores podem entrar com uma ação contra os próprios pais se eles postarem suas fotos.

É claro que não se pode combater o problema a partir da vítima, mas infelizmente é necessário adotar certas medidas de segurança para poupar ao máximo as crianças, além do que, a felicidade está no mundo real, e não no virtual, não é mesmo?



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário