Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Como fazer a farinha de casca de abóbora – remédio natural para artrite, colesterol e diabetes.

Tipo:

Como fazer a farinha de casca de abóbora – remédio natural para artrite, colesterol e diabetes.

A casca de abóbora é rica em diversos nutrientes e, por isso, torna-se um alimento com alto valor nutricional.

Uma alimentação equilibrada, rica em vitaminas e nutrientes é essencial para uma vida saudável.


Uma das maneiras de fazer isso é aproveitar cada parte dos alimentos e evitar o desperdício.

Cascas, folhas, talos e sementes são as partes que costumam ser jogadas no lixo.

Porém, estes “restos” contém muitos nutrientes. Inclusive, alguns são superiores ao alimento principal.

Mas a maioria das pessoas desconhecem esses benefícios.

Por esse motivo, não encontram uma utilidade para essas sobras. Um desses alimentos é a abóbora.

Cheia de vitaminas, minerais e nutrientes, a parte consumida é a polpa.

Entretanto, as sementes e a casca são descartadas.

Na receita de hoje, vamos mostrar como reutilizar a casca de abóbora para fazer uma farinha.

Um estudo da Universidade Estadual Paulista, concluiu que:

A reutilização da casca de abóbora para produzir farinha é viável na fabricação de alimentos funcionais e sem glúten.

Isso se dá porque ela apresenta potencial de compostos bioativos e fibras. Isso quando comparada a outras farinhas.

Por isso, vale a pena incluir em sua dieta com mais frequência.

Benefícios da farinha de casca de abóbora

A farinha de casca de abóbora é rica em diversos nutrientes.

Dentre eles, estão a vitamina C, E, cobre, ferro, fósforo, fibras, betacaroteno e proteína.

Assim, torna-se um alimento com alto valor nutricional. Além de trazer vários benefícios para a saúde.

Por isso, conheça a seguir os principais benefícios dessa farinha.

Poderosa antioxidante

O betacaroteno é a substância responsável pela cor laranja da abóbora.

No entanto, também é um excelente antioxidante, combatendo os radicais livres.

Após ser consumido, é convertido em vitamina A pelo organismo.

Com isso, previne doenças cardíacas, asma e envelhecimento precoce.

Foi demonstrado em um estudo da Universidade Federal de Goiás (UFGO) que:

O consumo de betacaroteno pode prevenir o câncer de pulmão.

A casca da abóbora também é fonte de flavonóides e taninos.

Esses compostos fenólicos, além de antioxidantes, possuem ação anti-inflamatória.

Melhora a saúde dos olhos

Como já foi descrito, a casca de abóbora é rica em vitaminas C, E, betacaroteno e antioxidantes.

Por isso, favorece a saúde ocular, prevenindo danos degenerativos nos olhos.

Com isso, evita a catarata e a degeneração macular.

Previne a anemia

Por ser rica em ferro e vitamina E, a casca de abóbora previne a anemia.

Esses dois nutrientes aumentam a produção de glóbulos vermelhos.

Também é rica em cobre, um mineral que colabora para a absorção de ferro, junto com a vitamina C.

Fortalece os ossos e músculos

A casca de abóbora, por conter potássio, auxilia no ganho de massa muscular.

Além disso, contribui para a síntese do cálcio, fortalecendo os ossos.

Já a vitamina A fortalece o tutano que compõe a parte interna dos ossos.

Dessa forma, consumir a farinha é uma maneira de garantir mais saúde nas articulações.

Ajuda a combater a artrite

O cobre e a vitamina C são compostos com ação anti-inflamatória natural.

Por isso, ajuda a reduzir e aliviar os sintomas da artrite.

Rica em fibras

A casca de abóbora é rica em fibras. Esses compostos contribuem para a redução da taxa de absorção de açúcar no sangue.

Além disso, melhora os movimentos intestinais.

Dessa forma, auxilia na digestão e na perda de peso de maneira saudável.

E uma forma de inserir esse alimento em sua dieta é através da farinha.

Rejuvenesce a pele

A casca de abóbora, devido a vitamina C, auxilia no rejuvenescimento.

Ela estimula a produção do colágeno, nutriente que dá firmeza para a pele.

Portanto, o consumo pode ajudar a evitar os sinais de idade, como rugas.

Como fazer farinha de casca de abóbora

Escolha as cascas de abóboras frescas e maduras.

A quantidade irá depender do quanto de farinha que você irá preparar.

Depois lave em água corrente para remover toda a sujeira.

Em seguida, corte em fatias pequenas e leve para desidratar.

Depois, coloque as cascas em uma forma e leve ao forno preaquecido a 220º.

Deixe por aproximadamente 20 a 30 minutos – cuide para não queimar. As cascas devem ficar sequinhas e crocantes.

Caso tenha um desidratador de alimentos o processo será mais fácil e rápido.

Na sequência, coloque as cascas desidratadas no liquidificador ou triturador.

Bata até obter uma farinha fina, na textura desejada.

Após o preparo, é só utilizá-la em suas receitas. Você pode acrescentar no preparo de:

  • Massas para bolos;
  • Tortas;
  • Biscoitos;
  • Sucos e vitaminas de fruta.

Portanto, a partir de hoje, evite o desperdício e reaproveite até a casca da abóbora.

MEDIDAS IMPORTANTES:
  • MANTEIGA:1 xícara = 225g | 1 colher (sopa) = 15g
  • FARINHA DE TRIGO:1 xícara = 130g | 1 colher (sopa) = 8g
  • AÇÚCAR:1 xícara = 210g | 1 colher (sopa) = 15g




Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário

Receita do Dia: BOLO CAIPIRA DA MINHA AVÓ

X