Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

É possível morrer de amor? Sim, entenda

Tipo:

-possível-morrer-de-amor-Sim-entenda

A ideia de morrer de amor pode parecer extremamente romântica, exagerada e típica de novelas mexicanas. No entanto, um cardiologista inglês descobriu que o fenômeno pode sim ocorrer e ser explicado pela ciência.


Confira também:

- 229 Receitas Low Carb

Segundo um artigo publicado no site The Conversation, Alexander Lyon, do Imperial College, em Londres, explica que a famosa dor de amor é uma espécie de infarto cujos sintomas incluem até dores físicas no peito. A única diferença é que, neste caso, não existe nenhuma artéria obstruída.

Chamada de Cardiomiopatia de Takotsubo, a síndrome teria a adrenalina como principal culpada. Quando as doses desse hormônio de resposta ao estresse são muito elevadas, os batimentos cardíacos são diminuídos, podendo gerar uma paralisia temporária dos músculos do coração.

O especialista aponta que o mal pode acontecer com pessoas que tiveram o coração partido, mas descarta qualquer alarme já que o trata-se apenas de uma espécie de mecanismo de defesa do corpo para conter o excesso de estresse e que os riscos de morte, nesse caso, são bastante baixos.


Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Receitas Sugeridas...

28436e48bf40d5f3019594e80167b1a7.jpg
Como eliminar sinais, verrugas, cravos, fibromas e manchas de idade de forma totalmente natural!

Nossa pele tem três camadas, que conhecemos como: Confira também: - 229...

11061333_998603116816465_7125591432940548678_n
A original esfiha assada

Já conhece a receita da original esfiha assada? Aproveite pra salvar a...

1538884_10152079975780479_1872950757_n
Lombo assado com Maçãs

Corre que ainda dá tempo de aprender a preparar lombo!

1011594_10151760395505479_339249888_n
Gratinado de batatas ao creme de alho-poró e sardinha

Para o acompanhamento do almoço gratinado de batatas ao creme de alho-poró...

Deixe seu comentário