Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

25 alimentos para emagrecer sem perder energia

Tipo:


Modo de Preparo:

É verdade que, quando estamos de dieta, o corpo emagrece, dissolve gordura e se desintoxica, liberando as toxinas na corrente sanguínea, o que causa um certo mal estar e fatiga.
Mas esse período de desintoxicação não pode passar de alguns dias, pois podem faltar nutrientes fundamentais para que o organismo continue funcionando bem. Para emagrecer, é realmente necessário limitar o consumo de carboidratos, gorduras e açúcares, mas não devemos eliminar esses grupos alimentares completamente da dieta. Confira abaixo 25 alimentos que vão manter sua perda de peso, mas que não diminuirão sua energia.

1. Ovos: as claras são o único alimento conhecido composto exclusivamente por proteínas, um grupo alimentar fundamental para a composição dos músculos. Consumir proteína não engorda, e faz bem para o corpo. A gema é nutritiva. Você só deve evitar consumir muitos ovos se tiver colesterol alto e excluí-los completamente da dieta somente sob prescrição médica.

2. Pão integral: o pão integral de linhaça, centeio, aveia e outros grãos promovem a saciedade, fornecem energia e fazem com o que organismo não sinta tanta fome nem tenha um pico glicêmico, como acontece quando comemos pão branco. Consumido com moderação, é mais um aliado que um inimigo da dieta.

3. Frutas: as frutas têm frutose, um açúcar que promove o aumento de peso. Mas seus benefícios são muito maiores para a saúde. Algumas dietas, como a dos diabéticos, excluem as frutas mais doces e, portanto, mais calóricas, como as bananas, cerejas e abacates, mas se você não tiver essas restrições pode consumi-las com moderação.

4. Salmão: cheio de gorduras benéficas, ácidos graxos e outros compostos que protegem o coração, o salmão é um peixe calórico, mas delicioso e que engorda bem menos que um pedaço de carne vermelha gordurosa, como a costela.

5. Azeite de oliva: o azeite de oliva tem diversos benefícios para a dieta, se consumido com moderação. Use-o como substituto da manteiga e do óleo em refogados e assados, nunca para frituras, que não podem fazer parte de nenhuma dieta.

6. Óleo de coco: saudável e de sabor suave, pode substituir óleos e manteigas em diversas receitas, inclusive doces.

7. Óleo de fígado de bacalhau: rico nas vitaminas A, D e ácidos graxos, o óleo de bacalhau traz muitos benefícios para a saúde.

6: Frutas cítricas: a laranja, o limão, o abacaxi e outras frutas cítricas podem servir de sobremesa em uma dieta, facilitando a perda de peso.

7. Abacate: o abacate é muito nutritivo, saboroso e pode ser consumido com moderação em dietas para perder pouco peso (até 10 kg).

8. Nozes: deliciosas, as nozes também podem ser consumidas com moderação como um lanchinho entre as refeições. Mas não exagere.

9. Chia: a chia é rica em ferro e não tem valor calórico. Também é rica em proteína, o que a transforma em um superalimento. Polvilhe sobre sucos, vitaminas, cremes e sopas.

10. Crustáceos: os crustáceos são nutritivos e magros. Mas devem ser preparados sem gordura para não pular a dieta. Nem pensar em empanados, “camarão ao alho e óleo” e outras receitas gordurosas.

11. Mel: muito calórico, o mel também é antibacteriano e muito nutritivo. Consumido com moderação, pode substituir adoçantes artificiais e o temido açúcar branco.

12. Sardinhas: menosprezadas como um peixe “pobre”, a sardinha faz parte da realeza quando o assunto é nutrição. Rica em ácidos graxos que fazem bem ao coração, acredita-se que seu consumo melhora até o humor.

13. Bacalhau: o bacalhau é um dos peixes que fazem bem ao coração. Sua carne magra também pode ser consumida com moderação. Evite os peixes muito salgados, pois o sal aumenta a retenção de líquidos.

14. Brócolis: saboroso e pouco calórico, enriquece a salada e aumenta a saciedade.

15. Espinafre: ao contrário do que se pensa, o espinafre não é rico em ferro, mas possui um alto teor de vitamina C e E, entre muitas outras.

16. Pimentas: pimentas e outros condimentos, como o gengibre e a salsa, são energéticos e livres de calorias. Estimulam o sistema circulatório, mas seu consumo não deve ser em excesso.

17. Aveia: precisamos ingerir pelo menos 30 g diárias de fibras, para manter a saúde dos intestinos. Consumir aveia tem inúmeros benefícios, desde que feito da maneira correta. Não a misture com o leite de vaca, que provoca inchaço e dificulta a digestão. Polvilhe-a pura sobre sucos, vitaminas e sopas.

18. Farelo de aveia: o farelo de aveia é quase que completamente formado por proteína, ao invés de carboidrato. Perfeito para substituir o trigo em receitas de pães, panquecas, crepes, bolos e biscoitos. Absorve 20 vezes o seu tamanho em água, promovendo grande sensação de saciedade. Um investimento fundamental para qualquer dieta, é um dos maiores segredos da Dieta Dukan.

19. Farelo de trigo: complementa o farelo de aveia no preparo de pães e massas mais magros.

20. Grãos integrais: os grãos integrais, como a aveia e o trigo integral, fornecem carboidratos de digestão lenta, que aumentam a sensação de saciedade e promovem a perda de peso sem sacrificar a energia necessária para o metabolismo funcionar bem. O centeio, a linhaça e outros grãos favorecem o trânsito intestinal e são ricos em vitamina E, magnésio e outras substâncias salutares.

21. Berinjela: a água de berinjela é muito usada para emagrecer, mas você também pode consumir esse legume sem medo. Sua polpa aquosa garante muitos benefícios e poucas calorias.

22. Abóbora: sopas e cremes de abóbora são reconfortantes, saciam e têm aquele gostinho caseiro. Ideal para quem está fazendo dieta e quer comer algo mais substancioso, sem ganhar peso. Misture com chuchu, coentro, sal, pimenta-do-reino e cozinhe. Passe no liquidificador e acrescente requeijão 0% de gordura para dar mais sabor e consistência.

23. Batata doce: rica em fibras e vitaminas, é uma excelente base para sopas e massas.

24. Mandioca: é um carboidrato, mas não contém glúten e tem sido muito usada para substituir o trigo. Cozida em água e sal, fica deliciosa com ovos fritos ou queijo branco. Uma combinação bem mais magra do que um sanduíche.

25. Água de coco: com quase zero calorias, a água de coco é um soro muito benéfico para a saúde, cheio de minerais e substâncias que só fazem bem. Além de manter o corpo hidratado, a água de coco é deliciosa e pode servir de base para sucos verdes, batidas e até para sopas. Use e abuse.

Alimentos que devem ser excluídos

Alguns alimentos realmente são inimigos da dieta. São eles o macarrão, o arroz branco, o pão branco, bolos, bolachas, pudins e outros doces e guloseimas feitas com açúcar e trigo branco, refinado. Afaste-se das balas, dos chicletes, pirulitos e refrigerantes, assim como de carnes gordurosas, como a de porco.

Prefira carnes magras, como o frango, preparadas sem muito óleo ou gordura. Aliás, óleo, frituras, manteiga, laticínios que não sejam desnatados, leite condensado, creme de leite e queijos amarelos, muito gordurosos, também podem engordar. Evite-os.



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

1 votos, média: 5 de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário