Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Não Fuja do Repolho! Saiba porque

Tipo:

Muita gente torce o nariz quando se fala em repolho, pois tem um sabor meio exótico que não agrada a qualquer paladar. Porém o repolho é um vegetal que não deve ser deixado de lado, já que é super nutritivo e saudável.

Propriedades do Repolho

Além de ser uma excelente fonte de vitamina C, o repolho também contém vitamina A, B1, B2, B6, K, ácido fólico, fibras, e minerais como o selênio, iodo, cálcio, potássio, fósforo e enxofre. Está presente também no repolho uma quantidade significativa de folato, betacaroteno, antocinas e fitoquímicos, glutamina e polifenóis, o que contribui para que o repolho seja um alimento com propriedades antiinflamatórias. Assim como outros vegetais crucíferos, no repolho há também substâncias antioxidantes capazes de reduzir os riscos de se adquirir diversos tipos de câncer.

Tipos de Repolho

Existem basicamente dois tipos comuns: o repolho roxo e o repolho branco. Eles diferem quanto a alguns nutrientes. O roxo tem antocianina, um antioxidante que dá a sua cor roxeada (o mesmo presente na uva) e é eficaz na proteção do coração, tem o dobro de fósforo que o branco e um pouco mais de selênio e vitamina C.
Já o branco tem um pouco mais de vitamina A e ácido fólico. Sob o ponto de vida nutricional, é interessante alternar o consumo dos dois tipos.

Benefícios do Repolho

É eficaz na eliminação de problemas intestinais devido à grande presença de fibras e, além disso, age como cicatrizante e combate o envelhecimento precoce, gripes e resfriados.
Seu consumo pode ajudar ainda a prevenir o câncer de cólon e tumores malignos, devido à presença de bioflavonóides, indóis, genisteína e outras substâncias que inibem o crescimento de tumores. Essas mesmas substâncias aceleram o metabolismo do estrogênio, de forma que o consumo é eficaz ainda na prevenção do câncer de mama, útero e ovário.
O consumo é indicado para casos de úlceras, náuseas, nevralgias, erisipela, gota, reumatismo, rouquidão, e para melhorar o funcionamento digestivo e do fígado. Além disso, age como um controlador dos níveis de colesterol no sangue, e reduz a quantidade de radicais livres, que são responsáveis por câncer, doenças cardíacas e envelhecimento precoce da pele.

Como consumir o repolho?

O repolho pode ser consumido cru (cortado em tiras), refogado, em sopas ou sucos.

Suco de Repolho Cru

Uma boa maneira de se beneficiar desses nutrientes é tomar o suco do repolho.
Segue a receita:

  • 3 folhas de repolho
  • Uma maçã
  • Um limão
  • Uma cenoura
  • Uma colher de sopa de linhaça

Bata todos os ingredientes no liquidificador com água e se preferir coe.

Alguns Inconvenientes do Repolho

Todo mundo sabe que comer repolho pode provocar um certo “inconveniente”: o aumento de gases (flatulência). Algumas pessoas são mais sensíveis que outras, e o culpado é o enxofre presente. Se você for mais sensível a isso, procure diminuir a quantidade, mas não evite completamente o repolho.
Agora, se você estiver amamentando, acredita-se que o melhor é evitar o consumo por completo, porque pode causar cólica no bebê.
Pessoas com hipotireoidismo devem consumir repolho com moderação e dar preferência pelo alimento cozido, já que ele pode impedir a absorção do iodo pela tireoide. Fale com a sua nutricionista!

Chucrute

Vocês já ouviram falar no chucrute? É um prato muito famoso na Alemanha e é feito com repolho.
O chucrute cru contém lactobacilos, um dos tipos de probióticos mais bem estudados. Os probióticos são bactérias benéficas que ajudam a melhorar a função digestiva, minimizam o risco de diarreia associada a antibióticos e, possivelmente, ajudam com a intolerância à lactose, a síndrome do intestino irritável e a doença inflamatória do intestino. Esses probióticos também podem ajudar a prevenir o câncer.
O chucrute oferece cerca de 10% do valor diário de ferro, 25% de vitamina C e quantidades significativas de vitamina K. As fibras ajudam a reduzir o colesterol e os níveis de açúcar no sangue e diminuem o risco de constipação e outros problemas digestivos. O ferro é necessário para a formação de células vermelhas, a vitamina C é para a cicatrização e a vitamina K para a coagulação do sangue.

Como fazer o chucrute?

Corte o repolho branco ou roxo em tiras finas
Adicione um pouco de sal e amasse bastante o repolho até começar sair o seu líquido. Faça isso por algum tempo (este processo depende do repolho e o seu teor de água).
Reserve o repolho num recipiente com tampa. Feche com cuidado para sair o máximo de ar, pois o repolho pode mofar durante o processo de fermentação.
De preferência, mantenha o recipiente pressionado para não entrar ar (pois pode estragar), e mantenha em um ambiente escuro com temperatura constante e baixa. O processo dura em média 2 semanas conforme a temperatura. Atenção: se a temperatura ambiente for baixa (4 a 6ºC) poderá levar mais tempo, se for temperatura alta também pode estragar.
Depois do processo de fermentação, o chucrute estará pronto para ser usado e repleto de lactobacilos benéficos para sua flora intestinal!




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

3 votos, média: 3.67 de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário