Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Você tem coceira vaginal? Conheça algumas possíveis razões

Tipo:

razoes-da-coceira-vaginal

A coceira na região íntima feminina é algo muito comum, pois em geral, há diversos fatores que podem desenvolvê-la.

O certo é que, independentemente da sua causa, trata-se de uma condição bastante incômoda que pode causar insegurança e preocupação, em especial quando surge acompanhada de outros sintomas.

É muito importante que todas as mulheres prestem atenção à coceira na área íntima, já que ela pode representar sinais de alerta de algumas variações de infecções ou doenças. No entanto, antes de sentir medo e angústia, é fundamental consultar um ginecologista para obter um diagnóstico e tratamento adequados para o seu caso.

Em grande parte dos casos, quando aparecem estas sensações na região íntima, significa que algo não está certo. Entretanto, apenas em pouquíssimos casos, a coceira, costuma ser um sinal de algo mais grave.

Neste artigo iremos compartilhar 5 possíveis razões que podem causar a coceira vaginal, e algumas formas naturais de tratá-la.

Infecção por fungos

O pH normal da vagina é ácido e se encontra abaixo do 4,7. Bactérias boas, conhecidas como lactobacilos, são as responsáveis por manter o grau de acidez adequado para evitar a proliferação de fungos e outros micro-organismos.

No entanto, alguns fatores podem alterar este pH natural da área vaginal, o que pode desenvolver infecções devido ao acúmulo de fungos na vagina.

Os fungos têm facilidade para se proliferar em ambientes úmidos como o que é oferecido na vulva. O resultado é um tipo de corrimento vaginal branco ou amarelado, que vem acompanhado de um odor de pão e uma coceira frequente.

Para conseguir restabelecer as bactérias boas da vagina, aconselha-se o consumo frequente de alimentos probióticos, como o iogurte natural.

Se a sensação de coceira for muito incômoda, é possível fazer uma lavagem artificial com um pouco de vinagre diluído em água.

Vulvite

Este é o termo que foi dado à irritação da vulva, condição que se produz quando a mulher limpa sua região íntima em excesso ao tomar banho, ou faz uso de sabonetes com químicos agressivos para a pele delicada desta área do corpo.

Outra possível razão é o uso de papeis higiênicos com corantes e compostos irritantes, e ela também pode ocorrer quando passamos um tempo prolongado usando roupas de academia, ou biquínis.

Para evitar a coceira vaginal por esta causa, aconselha-se lavar a região íntima com água morna e um sabonete de pH adequado. Além disso, deve-se evitar o uso de desodorantes vaginais ou talcos.

Depilação

As técnicas de depilação costumam provocar uma reação alérgica na pele sensível da região ao redor da vagina, por isso não é estranho que depilar-se possa causar uma sensação intensa de coceira vaginal.

Técnicas como as lâminas e as máquinas depiladoras, assim como alguns cremes depilatórios, irritam a pele e, em muitos casos, dão lugar ao desenvolvimento de infecções e pelos encravados.

Para prevenir este incômodo problema, obtenha uma pomada para acalmar a irritação e trate de se depilar somente a cada 15 ou 20 dias.

Doenças sexualmente transmissíveis

Não se assuste. Em pouquíssimos casos a coceira vaginal tem sua origem em uma DST, já que na maioria das ocasiões este tipo de doença é assintomática nas suas primeiras etapas, e costuma evoluir apresentando dor ou algum tipo de secreção com odor desagradável.

No entanto, algumas pessoas infectadas por diferentes DSTs podem chegar a sentir coceira como um dos primeiros sintomas.

Se além da coceira você notar umas bolinhas vermelhas na região vaginal, é muito provável que se trate de herpes, uma das DSTs mais comuns. Ela quase nunca leva a problemas mais graves, mas ainda assim é importante tratá-la para que não se torne algo mais crônico.

Um problema da pele

Condições cutâneas como a psoríase ou o eczema também podem dar origem à coceira na região íntima.

No geral, elas afetam diferentes áreas da pele, e por isso é possível determinar se esta é a origem da coceira. Se for o caso, é fundamental consultar um médico ou ginecologista para receber um tratamento adequado e eficaz.

Por exemplo, para a psoríase que afeta a vulva, os corticosteroides tópicos de baixa resistência e a aplicação de um creme hidratante podem ajudar.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

4 votos, média: 4.5 de 5

Compartilhar via WhatsApp

Receitas Sugeridas...

179617000.jpg
Frango cremoso

Arrume os pedaços de frango em um refratário de vidro que possa...

1192363221
Tomate Seco Caseiro

Como preparar tomate seco na sua casa! Uma receita econômica e deliciosa...

580558_584160704927377_1158072650_n
Banana flambada com sorvete

Gosta de banana flambada? Hummmm... Acompanhada de um sorvetinho fica divina, né?

1003524_10151805131075479_1298853560_n
Tofu Cake

Tem um sabor delicado e que faz toda a diferença na sobremesa!

Deixe seu comentário