Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Você está limpando sua área íntima do jeito errado quando vai ao banheiro

Tipo:

Nossa vagina já possui proteção natural, promovida por uma população de bactérias, que formam a chamada flora vaginal. Esses lactobacilos têm a função de converter a lactose e outros açúcares simples presentes na região em ácido láctico. Assim, o  pH na região fica ácido, impedindo que fungos e bactérias se proliferem, já que esses micro-organismos não conseguem sobreviver à acidez.

No entanto, quando não recebe devida higienização, a proliferação de fungos e bactérias na vulva, gera coceiras, irritações e corrimento.

Conselhos simples pra quando for ao banheiro:

– Para evitar odores, certifique-se de secar a região ao redor do clitóris com papel higiênico sempre após urinar. A urina e as secreções vaginais podem se acumular nessa área, dando-lhe uma sensação desconfortável.

– Após fazer xixi, a forma correta de secar a vagina é passar o papel com movimentos leves, partindo da região vaginal para o ânus. Isso evita que as bactérias da flora anal entrem em contato com a vagina e causem infecções.

– Seja gentil! A vagina é uma região muito frágil, e você não quer levar um corte ou se infeccionar.

– Evite usar papel higiênico e lenços perfumados na área da vagina. Mesmo sendo próprios para a região, não são naturais e modificam o pH. Colocar um perfuminho extra na calcinha também pode causar alergias e infecções.

– Esponjas, cotonetes ou qualquer outro apetrecho devem ser descartados, pois podem raspar a vulva e provocar ferimentos.

O ideal seria fazer uma higiene três vezes ao dia, de preferência com água, sabonete especial e usando somente os dedos.
– Caso a rotina movimentada não permita o asseio constante, lenços umedecidos podem ser uma alternativa, pois prolongam a sensação de limpeza. Mas o seu uso frequente não é indicado, pois pode prejudicar a mucosa vaginal.

– Assim como a falta de higiene, o excesso de limpeza também pode trazer problemas. Os cuidados não devem levar mais de três minutos, caso contrário pode haver ressecamento e traumatismos na região vaginal.

– Em alguns momentos, como no período menstrual, depois de exercícios físicos e no pós-parto, o asseio deve ser feito com mais frequência , já que a região fica mais úmida.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

2 votos, média: 3 de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário