Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Urtiga dióica: o chá que pode fazer cabelo crescer e definir o corpo. Conheça

Tipo:

 

A urtiga dióica é uma planta bastante conhecida na medicina popular. Originária da Europa, é utilizada como remédio natural por conta de propriedades como vitaminas do complexo B, minerais, como cálcio e ferro, além de betacaroteno. Todas essas características podem te ajudam a resolver problemas de saúde que você nem imagina.

Benefícios da urtiga dióica

Segundo a nutricionista funcional Patricia Davidson Haiat, formada em Medicina Chinesa, Medicina Funcional e Exames Laboratoriais e Ortomoleculares, a planta é um bom regulador hormonal. “Ela se liga à SHBG, proteína que transporta hormônios sexuais e tem grande afinidade com testosterona”, escreveu a profissional em seu perfil no Instagram, “esse encontro leva ao aumento da massa muscular e crescimento de cabelo”, pontuou

Como consumir

Segundo a Dra. Patricia, a urtiga dioica pode ser consumida em chá e por meio de fitoterapia, utilizada como suplemento alimentar. “O ideal que é cada caso seja recomendado por um profissional”, comentou.

Chá

Para cada litro de água, utilize uma colher (sopa) de urtiga, aproximadamente cinco folhas. Coloque a água para ferver até que comece a borbulhar, tire do fogo, acrescente as folhas e deixe repousar por pelo menos 10 minutos.

Cuidados

As folhas in natura da planta podem provocar irritações em contato com a pele, por isso vale redobrar a atenção no manuseio – utilize luvas e lave-as bem em água corrente. Quanto mais fresca a folha (geralmente utilizada para preparo de saladas típicas do Norte brasileiro), maior seu potencial de causar alergia.  Para fazer a infusão, podem ser utilizadas folhas secas.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário