Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Técnica para acalmar o bebê (imperdível, se você tem um recém-nascido)

Tipo:

Segundo essa técnica, apresentada no livro e no DVD “O bebê mais feliz do pedaço”, você deve seguir 5 passos para ativar o reflexo da calma no bebê. É como se todos os bebês nascessem com um botão de “desligar” o choro, que é ativado quando você reproduz essa sequência de forma eficiente e exata. Tem que treinar um pouquinho, mas depois que você pega o jeito (segundo as pessoas que conheço que testaram a técnica), o bebê se acalma rapidamente. Então vamos logo aos 5 passos, que você não tem tempo a perder, certo?

1) Enrole o bebê na manta.Sim, eu já havia lido que isso é fundamental para acalmar o bebê, pois reproduz melhor a sensação intra-uterina (lá o bebê está apertadinho, certo?). Além disso, nos primeiros meses não há controle motor de braços e pernas, e a movimentação involuntária dos membros poderia irritar o bebê. Mas todas as vezes que tentei enrolar Catarina, ela chorava desesperadamente (e eu achava que ela estava com calor, pois tinha nascido em dezembro, quando o verão estava para começar). Depois de ver o vídeo, aprendi que muitos bebês de fato se irritam logo que são enrolados, mas que prosseguindo com os demais passos, ele se acalmará. Então, se fosse hoje, cara leitora, eu INSISTIRIA na manta. E não pararia só aí.

2) Coloque o bebê de lado ou de barriga para baixo (veja os vídeos ao final do post para entender melhor). Segundo o criador da técnica, alguns bebês não gostam de ficar de barriga para cima quando acordados, pois isso ativa o reflexo de reação à queda (eles ficam inseguros). Lembro que quando meu marido pegava Catarina de barriga para baixo (posição que eu não conseguia reproduzir com tanta eficiência), muitas vezes era o suficiente para ela parar de chorar (que raio de cólica era essa que passava tão rápido?!).

3) Shhhhhhhhhhhhh. É o famoso barulhinho no ouvido do bebê. Aliás, barulhinho não, pois deve ser pelo menos da altura do choro do bebê. Nada de fazer aquele shh, shh, shh, baixinho. Isso também remete ao período intra-uterino, em que o bebê ouve todos os ruídos do interior do corpo da mãe (pulsação, estômago, intestino, etc). Os chamados ruídos brancos também funcionariam para acalmar o bebê pelo mesmo motivo.
4) Balance o bebê. Sei que em outro post eu já havia manifestado minha opinião sobre não balançar o bebê, pois isso poderia “acostumá-lo da maneira errada para dormir”. E querem saber? Depois de ver esse vídeo, estou mudando de ideia! Percebi que se eu tivesse feito toda a sequência para acalmar minha filha, provavelmente ela teria sido um bebê mais tranquilo, que dormiria mais facilmente (e não ficaria TÃO dependente do balanço como ficou).
5) Dê algo para o bebê sugar (uma chupeta ou o seu próprio dedo). Catarina, para facilitar, não pegava a chupeta; era só o dedo da mamãe mesmo que funcionava na maioria das vezes.
Segundo o Dr. Karp, nem sempre será necessário que você chegue ao quinto passo. Há situações em que o bebê se acalma logo no segundo ou no terceiro. Outra consideração importante é que muitas mães relatam na internet que, após usarem a técnica, conseguiram aumentar o tempo de sono do bebê, tanto de dia quanto à noite.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Receitas Sugeridas...

Queda de avião com time da Chapecoense: todas as informações sobre a tragédia

O avião da companhia aérea LaMia, que transportava a delegação do time...

Picadinho

Hoje é dia de #PicadinhoDeCarne, um clássico que todo mundo gosta!

Suco para perder peso em uma semana

Mande embora até 4kg, perca barriga e acabe com o inchaço com...

Médica cria dieta que elimina barriga e 7 quilos em apenas 32 dias!

. Não dá para negar: uma das maiores dificuldades de quem faz...

Deixe seu comentário