Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Taís Araújo divide drama e comove: ‘implorei para ser resguardada’

Tipo:


Taís Araújo foi vítima de racismo e conta em entrevista que preferiu ficar calada diante de ataques.
A atriz Taís Araújo é uma das atrizes mais conhecidas do país. Casada com o ator Lázaro Ramos, a bela negra já emocionou muitos brasileiros com papéis de sucesso. Quem não se lembra, por exemplo, dela no papel central em ‘Xica da Silva’, folhetim exibido pela extinta Rede Manchete de Televisão. A esposa de Lázaro Ramos deu uma entrevista marcante à Revista Marie Claire, especializada no público feminino. Na conversa, ela contouo que sofreu muito em 2015, e que o sofrimento era maior por não poder falar nada. O silêncio teria sido um pedido da Globo em meio a um dos seus maiores dramas: o racismo.

Taís Araújo sofre racismo e é ‘obrigada’ a ficar calada
Taís conta que essa estratégia ocorreu quando ela sofreu racismo.

Muito ativista, a profissional da dramaturgia acabou tendo que não falar muito sobre o tema, adotando o que chamou na conversa com a ‘Marie Claire’ de postura mais ativista. A famosa disse que não dá para aceitar esse tipo de coisa mantendo um silêncio e sofrendo com ameaças de maneira extremamente passiva. Em seguida,#Taís Araújo também reflete e diz que, ficando calada, acabou evitando que ainda mais novos ataques racistas pudessem acontecer naquele período.

Taís Araújo fala sobre o preconceito e pedido à emissora
Araújo diz que, ao colocar tudo isso na balança, acabou optando por não ter muita dor de cabeça, mas não foi bem isso o que acabou acontecendo. “optei por não dar entrevistas — o que me causou muita dor de cabeça”, informou a famosa, que pode ser vista na atual temporada de ‘Mister Brau’.

Na época, a atriz lembra que chegou a ir à delegacia para prestar uma queixa sobre o tema e que foi pressionada a falar sobre o assunto. De acordo com a profissional da dramaturgia, ela teve que fazer pedidos à emissora para manter o silêncio. Taís lembra que até o telejornal apresentado por William Bonner, o ‘Jornal Nacional’, tinha interesse em falar sobre o tema.

Taís Araújo implora por proteção da Globo após ser vítima de racismo
Segundo a famosa atriz, conhecida pelo talento único, ela teve que implorar por uma proteção da TV Globo e disse que é uma mulher da arte, portanto, não queria estar na seção policial do noticiário. No mesmo período em que Araújo foi vítima de racismo, outras famosas sofreram o mesmo, como Maria Júlia Coutinho, garota do tempo do ‘Jornal Nacional’. O pensamento de Araújo na época acreditava que, quanto mais ela abordasse o tema, mais acabaria dando corda aos racistas. Por isso, ela abriu o coração apenas agora. #Famosos



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário