Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Quais as causas da irritação vaginal e como tratá-la naturalmente

Tipo:

A região vaginal é protegida por uma flora microbiana que é responsável por manter a umidade, eliminar bactérias danosas e prevenir possíveis infecções.

A alteração dessa flora microbiana na região vaginal pode desenvolver uma irritação e diversas infecções, que podem ser muito incômodas.

Existem várias causas para esses problemas íntimos e constrangedores; felizmente, também existem vários tratamentos para tratar a irritação vaginal de maneira natural antes que o problema evolua para algo mais grave.
Quais as causas da irritação vaginal?
A pele da vulva e da vagina é mais delicada e vulnerável que as outras áreas do corpo, por isso, a região apresenta um maior risco de desenvolver irritações.

A irritação pode ser causada por uma infecção, uma alteração do pH vaginal ou por alergia a várias substâncias, como as moléculas químicas presentes em produtos de higiene, em sabões usados para lavar a roupa íntima ou mesmo as que se encontram no látex de preservativos.

Vaginose bacteriana

Uma das causas mais comuns da infecção vaginal se conhece como vaginose bacteriana, que é causada por um crescimento excessivo de bactérias na vagina, ocasionando sintomas como ardor, irritação e uma secreção de cor amarelada que pode apresentar mau cheiro.

Cândida albicans

A candidíase vaginal é outro tipo de infecção que se produz por um fungo chamado Cândida albicans. Consiste na proliferação de leveduras na vagina, o que gera uma secreção espessa e esbranquiçada que também tem um forte odor, típico de leveduras, como a usada no fermento de pão.

Na maioria os casos, esse fungo causa uma irritação interna e externa na região vaginal, causando uma incômoda coceira e ardor. Geralmente, a candidíase acomete mulheres com o sistema imunológico enfraquecido. Fortalecer as defesas do corpo é uma boa forma de complementar o tratamento, que exige cuidados médicos.

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)

Um dos sintomas típicos das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) é a irritação vaginal. Se você suspeitar de uma DST, procure um médico imediatamente.

Menopausa

Durante a menopausa, o corpo da mulher passa por uma série de alterações hormonais que afetam de forma direta a região vaginal, ao alterar seu pH e ressecar a mucosa.

Neste caso, é necessário ajuda médica para receber um tratamento que permita balancear os hormônios para impedir a irritação e diminuir os riscos de uma infecção.

Alergias

O uso de produtos de higiene alergênicos é uma causa muito comum de irritação vaginal. Eles podem estar presentes em produtos como:

— Papel higiênico perfumado
— Sabonetes, sabões e detergentes
— Lenços perfumados
— Absorventes, internos ou não

Remédios naturais para a infecção vaginal

No caso de infecções por fungos, bactérias, desequilíbrio hormonal ou de DSTs, é fundamental consultar um ginecologista de sua confiança. As infecções por bactérias serão tratados com antibióticos, as fúngicas serão provavelmente combatidas com pomadas antifúngicas e as DSTs receberão o tratamento adequado, de acordo com o diagnóstico.

Em geral, infecções vaginais são de fácil tratamento, especialmente se o diagnóstico for feito no início da doença. Não deixe que uma simples irritação se transforme em algo mais grave e ponha em risco a sua saúde.

Para complementar seu tratamento ou para aliviar os sintomas de uma irritação vaginal com causas mais simples, sugerimos os seguintes tratamentos naturais:

Arnica

A arnica é uma planta com poderes anti-inflamatórios, que favorece a cicatrização da pele e tem propriedades analgésicas muito usadas para aliviar dores musculares.

Como utilizá-la?
— Prepare uma infusão com as folhas ou com o extrato da planta e aplique de maneira tópica, apenas na parte externa da vulva e vagina.

Calêndula

A calêndula é um dos melhores remédios para aliviar problemas relacionados à região íntima. Tem efeito antibiótico que ajuda a combater infecções e aliviar a dor e a inflamação.

Como utilizá-la?
— Tome banhos de assento com a infusão de folhas e flores de calêndula.

Hamamélis

As qualidades anti-inflamatórias dessa planta podem diminuir a coceira e o ardor da região vaginal enquanto se combate a infecção.

Como utilizá-la?
— Umedeça um chumaço de algodão ou uma gaze com água de hamamélis e aplique sobre as regiões afetadas, apenas externamente.

Iogurte com probióticos

O consumo e a aplicação tópica de iogurte natural com probióticos é um dos melhores remédios para acalmar a irritação da mucosa vaginal.

Esse tipo de bactérias saudáveis ajuda a diminuir os patógenos e a restaurar a flora vaginal.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Receitas Sugeridas...

Ela atendia este velho mal-humorado todos os dias sem reclamar. Mas quando o idoso morre, ela descobre quem ele realmente é

Infelizmente, existem cada vez mais pessoas com falta de educação. Todos nós...

Como cachear o cabelo com meia? Cachos lindos em poucos minutos!

Encontramos uma forma extremamente fácil basta usar uma meia cortada.

Suflê de espinafre

Souflé de espinafre foi aprovado por quem já experimentou. Anote e prove...

15 gatos valentões que roubaram as camas dos cachorros e não estão pensando devolvê-las

Você pode dar um palácio ou mesmo um castelo a um gato....

Deixe seu comentário