Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Pressão alta pode ser baixada em somente 3 minutos. confira como!

Tipo:

kkk

Muitas pessoas, por causa de um padrão bastante agitado de vida, um continuo estado de preocupação, medo e ansiedade, sofrem de pressão arterial elevada, predisposição que pode perigosamente aumentar o risco de ataques cardíacos, acidentes vasculares cerebrais, insuficiência renal e aneurismas de vários tipos.

A obesidade aumenta o fenômeno tornando-o mais grave, tanto que os médicos recomendam a seus pacientes, principalmente, para não ganhar peso e manter um peso adequado com a idade e altura. A categoria da qual estamos cuidando precisa, no entanto, de uma longa lista de recomendações para controlar a pressão e evitar que piore.

Vamos mostrar abaixo 8 maneiras de diminuí-la naturalmente:

1) Coma alimentos ricos em potássio: o potássio é um mineral que combate ativamente a hipertensão com resultados evidentes. Alimentos que contêm quantidades significativas de potássio são bananas, tomates, batatas, ervilhas, feijões, legumes em geral, passas e ameixas secas, que devem ser consumidas de forma consistente pelo organismo em virtude de uma assimilação K (símbolo do potássio na tabela periódica) entre 2.000 mg e 4.000 mg.

2) Medir o consumo de sal: mais de uma dose de 1500 mg, o sal torna-se perigoso para o corpo, por isso seu consumo deve ser limitado ao essencial, especialmente por causa da hipertensão.

3) Tome um suplemento: 12 diferentes estudos científicos confirmaram a tese de que o coenzima Q pode reduzir significativamente os níveis de pressão. Esta molécula antioxidante ajuda a dilatação de veias e artérias. Sempre com indicação do médico é uma boa prática tomar entre 60 e 100 mg três vezes por dia.

4) Saborear chocolate escuro: o chocolate escuro é multifuncional e incorpora flavonóis que promovem a elasticidade arterial, venosa e capilar. Um estudo calculou um efeito positivo em 18% nos pacientes, percentagem ainda baixa mas já significativa.

5) Beba pouco álcool: não beber álcool reduz a pressão, mas resultados ainda melhores foram confirmados na dosagem moderada (e não na abstenção, seja claro), como reivindicado por uma pesquisa realizada pela Brigham de Boston e pelo Hospital da Mulher, segundo a qual a redução do consumo de álcool afetaria a queda na pressão sanguínea. Para ser claro, estamos falando de um copo médio de vinho ou de cerveja, excluindo, claro, as bebidas fortes.

6) Beba chás de ervas e infusões de ervas que contenham hibiscus: essa substância contrasta decididamente a hipertensão. É presente embora não de forma sistemática, em algumas infusões, chás de ervas e qualidades de chá especiais. Siga estas regras, a pressão irá certamente ficar mais estável ou, em qualquer caso, dentro de níveis controlados.

7) Faça longas caminhadas: o exercício é a base de um bom estado de saúde, em pleno contraste com um estilo de vida sedentário e ruim para as funções do corpo. Mesmo apenas uma caminhada de meia hora, mas realizada com cadência diária regular, ajuda o coração a maximizar o oxigênio e aliviar seu trabalho de bombear sangue.

8) Faça uma respiração profunda: a respiração é fundamental em qualquer atividade. Inspirar e expiar lentamente, como recomendado por práticas meditativas como ioga e tai chi, leva a uma diminuição do estresse responsável pelo aumento da renina, uma enzima culpada de uma maior pressão arterial. Respirar com controle alivia a tensão, que deveria ser considerada praticamente uma toxina para ser expelida.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário