Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Por que sua cabeça coça? 5 motivos para isso e como se livrar do problema

Tipo:

Cabeça que coça no couro cabeludo é um sinal de alerta. A coceira é um mecanismo de defesa do organismo e adaptação ao meio ambiente. Às vezes, a pessoa coça a pele para eliminar alguma substância agressiva ou alergênica. E o sintoma pode ser também a primeira manifestação de uma doença mais chatinha, mas que na maioria dos casos é simples de tratar.

A coceira pode ser um sinal de alerta para fungo e dermatite seborreica que causam caspa, foliculite ou outro desequilíbrio. Veja outros motivos e como solucioná-los:

Causas de coceira

Higienização inadequada: Se o couro cabeludo é bem limpo e tratado, a gordura produzida naturalmente pelo organismo se distribui ao longo de toda a fibra capilar naturalmente. Mas quando a região não está saudável, por falta de limpeza ou – o contrário – pelo excesso de químicos, o couro cabeludo também sofre consequências, como oleosidade excessiva, ressecamento, coceira e descamação. Fique atenta à quantidade de produtos e procedimentos vem adotando nas madeixas, ou se não tem sido negligente com a limpeza dos fios.

Excesso de oleosidade por alteração hormonal: O organismo decompõe os óleos do couro cabeludo naturalmente para formar o ácido oleico. Algumas pessoas são sensíveis a esse composto, e apresentam quadros de irritação e coceira. Coçar alivia, mas pode danificar o couro cabeludo sensível, trazendo mais irritação. Se notar uma oleosidade excessiva, com coceira, evite produtos com muita consistência e cheiro. Experimente usar por uns dias apenas shampoos transparentes ou neutros. Se a irritação não diminuir, procure um dermatologista.

Caspa: Também conhecida como dermatite seborreica, é uma doença capilar inflamatória que surge devido ao excesso de oleosidade do couro cabeludo. A caspa causa desprendimento de placas brancas do couro cabeludo, causando coceira, e também pode estar associada à presença de fungos. Na relação oportunista, o fungo aproveita o ambiente para crescer, mas não desenvolve a inflamação. Para tratar a caspa é importante a utilização de shampoos específicos. Peça a indicação de um especialista.

Foliculite: Com o hábito de coçar a cabeça, as unhas podem causar pequenas lesões que permitam a entrada de bactérias presentes no couro cabeludo ou nas unhas causando a inflamação, conhecida como foliculite capilar. Ela causa erupções que doem e se parecem com espinhas. Se forem constantes, procure um dermatologista. Quanto mais precoce o tratamento, melhor.

Piolho: Uma fêmea do inseto consegue botar até dez ovinhos por dia. Em oito dias, os ovos, que conhecemos como lêndeas, dão vida a mais piolhos, que sobrevivem por até 30 dias no couro cabeludo. Quando o tratamento não é ágil e eficaz, a infestação pode ser grande, causar muita coceira e até feridas na cabeça. A solução de vinagre diluído com água pode evitar lêndeas, mas não mata os piolhos. Busque um tratamento com indicação médica.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

1 votos, média: 5 de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário