Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Policias ganham R$ 3 mil em bolão e doam todo o valor para operação de menina de 12 anos que nasceu com o intestino fora do corpo

Tipo:

O que você faria se ganhasse R$ 3 mil em um bolão? Viajaria? Quitaria alguma dívida? Sairia para se divertir com os amigos? Possibilidades são o que não faltam, não é mesmo?

Contudo, policiais do Batalhão de Santo André, no ABC Paulista, tiveram uma ideia diferente – e bastante inspiradora. Após ganharem a quantia em um bolão da Mega-Sena, eles doaram todo o valor para a família da menina Isabela Diringer, uma garotinha que nasceu com uma malformação no intestino e precisará passar por uma cirurgia na Inglaterra, que custa R$ 500 mil, para conseguir resolver o problema.

A doação foi um acordo de mais de 200 policiais civis e militares que, solidarizados com o caso da menina, não tiveram a menor dúvida que este seria o melhor destino para a quantia que ganharam. No vídeo abaixo, é filmado o momento em que o policial Ricardo dos Santos Sales entrega o comprovante do depósito à família e deixa uma mensagem em nome de sua corporação.

A iniciativa da doação surgiu graças a uma campanha criada por policias militares de Mogi das Cruzes, São Paulo, para ajudar Isabela. A menina, filha de um PM e de uma cabo, nasceu com uma rara malformação chamada gastrósquise, o que fez com que o seu intestino se desenvolvesse fora do corpo.

E para que ela possa ter a vida normal que tanto sonha, a garota de 12 anos, que sequer consegue se alimentar normalmente, precisará passar por um procedimento cirúrgico na Inglaterra. Porém, para isso a família precisa arrecadar uma quantia na faixa dos R$ 500 mil.

Ao G1, a mãe conta que desde que a menina nasceu, pelo menos uma vez por ano ela precisa ser hospitalizada. Com 12 anos, sua altura e desenvolvimento neurológico equivalem ao de uma criança de 6 anos. E no final do ano passado, Isabela sofreu uma parada cardiorrespiratória.

  1. Foto: Glaucia Diringer/Arquivo Pessoal

Isabela já precisou passar por algumas cirurgias. A primeira delas foi pouco após nascer, na qual foi constatado que ela perdeu parte da extensão de seu intestino, o que a impediria de conseguir se alimentar de forma normal (via oral). Devido às limitações, é por meio de um cateter que a menina recebe os nutrientes que seu corpo precisa, e seus alimentos se resumem a papinha e a um leite especial.

Gláucia revela que, na medida do possível, ela e o marido fazem de todo o possível para que Isabela tenha uma vida normal, ainda assim existem particularidades que a fazem se sentir diferente das outras crianças, como por exemplo a necessidade do uso do cateter e a maneira como ela se desenvolve. Assim, ela passa por fonoaudiólogos, faz terapia ocupacional e ainda realiza outros tipos de tratamentos.

A esperança da família é que a cirurgia na Europa, de uma vez por todas, acabe com o drama que a menina enfrenta: “Nessa técnica da Inglaterra, o médico abre o intestino e reconstrói a vascularização. O médico deu 92% de chance de eliminar a alimentação parenteral (via intravenosa) e o cateter”, conta a mãe.

  1. Foto: Glaucia Diringer/Arquivo Pessoal

Buscando arrecadar o valor necessário para a viagem e a operação, a família criou um site contando a história de Isabela e mostrando como você pode colaborar (para acessá-lo, basta clicar aqui).

E assim como o gesto de nobreza dos policias, esperamos que mais pessoas possam colaborar para que, enfim, a garotinha possa ter a saudável e normal que tanto merece.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário