Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Perigosa doença que havia desaparecido está de volta – pais precisam ficar atentos!

Tipo:


Escarlatina é uma doença muito antiga, que havia desaparecido e todos pensavam que ela havia ficado para trás.

Trata-se de uma infecção que atinge, na grande maioria das vezes, crianças entre 5 e 12 anos.

O problema é que ela está de volta: há um verdadeiro surto no Reino Unido e na Ásia.

Já foram registrados na Inglaterra, desde 2014, 12 mil casos.

E a tendência é se espalhar pelo mundo.

As crianças não têm o sistema imunológico fortalecido.

Por isso são mais propensas a várias doenças

E a escarlatina é uma delas.

Os sintomas são erupção cutânea, coceira, vermelhidão no rosto, dor na garganta, comichão na pele e gânglios inchados.

A causa está principalmente na presença da bactéria Streptococcus, muito agressiva ao organismo.

Se seu filho tem essa bactéria, tem grandes chances de desenvolver a doença.

As erupções cutâneas parecem muito com queimaduras do sol e atacam principalmente o pescoço, o peito, o rosto e as costas.

 

 

Se a doença não for tratada em seis dias, todos os sintomas se espalharão rapidamente.

Talvez você não tenha tanta preocupação, se mora num lugar muito distante de onde a doença reapareceu.

No entanto, todos sabem que num mundo globalizado é muito difícil limitar as doenças contagiosas.

Então, a primeira medida é garantir que seu filho não está exposto a nenhuma pessoa que luta contra a infecção.

Separe bem a escova de dente e tenha muito cuidado com os produtos de higiene que a criança usa.

Se, infelizmente, ele contrair escarlatina, você precisa levá-lo ao médico.

Seu filho deve ser tratado com antibiótico, prescrito pelo profissional de saúde, possivelmente por dez dias, ainda que ele pareça ter melhorado antes desse prazo.

É bom observar durante 24h como o corpo reagiu sem o remédio, se houve recaída, depois desses dez dias.

Caso a doença não seja tratada, as consequências serão marcantes para a saúde física da criança, como o desenvolvimento de problemas renais.

Ninguém quer sofrer com os sintomas até ser curado definitivamente da infecção, não é?

Para ajudar a aliviar o desconforto, recomendamos o uso de algumas alternativas naturais.

Veja:

– Vinagre de maçã: este ingrediente fornece muitas qualidade para o corpo, mas quando se trata de escarlatina, ele ajuda a aliviar as dores, principalmente na garganta.

Misture um pouco com pimenta caiena e isso potencializará o efeito do vinagre.

O vinagre de maçã é bom para prevenir e curar infecções, além de tratar feridas.

Então derrame um pouco num pano limpo e aplique sobre a pele.

Mas tem que ser vinagre de boa qualidade e, se possível, orgânico.

– Mel e folhas de hortelã: coloque esses ingredientes num copo de água quente e dê para a criança tomar de duas a três gotas diariamente.

Outra boa opção é fazer uma inalação com o vapor dessa mistura.

Isso aliviará a garganta, limpará as vias aéreas e prevenir infecções.

– Óleo essencial de lavanda (vende-se em lojas de produtos naturais): passe um pouco do óleo (duas gotas já é uma boa quantidade) na pele para aliviar a inflamação.

O ideal é misturá-lo com um pouco de azeite ou óleo de amêndoa.

Feito isso, você deve passar na erupção cutânea.

É bom observar se a criança não está se coçando sem motivo, porque isso piora o estado da pele.

Recomendamos também o consumo de alimentos alcalinos (como saladas de folhas temperadas com limão), pois eles acalmam a pele irritada e hidratam o corpo e impede as toxinas.

E, por fim, é essencial que seu filho fique longe de pessoas que fumam, pois o ar puro é importante nessas horas.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário