Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Para todos os pais se atentarem, médicos alertam sobre os perigos das crianças sentarem em ‘W’.

Tipo:

large_69e4e5ccef35ca9a3205088f0576fdf8-800x426

Desde muito cedo, uma das maiores preocupações que devemos ter com o nosso corpo está relacionada à questão da postura.

Para todas as posições, existem maneiras específicas e adequadas de se portar. Da mesma forma, há também as formas inadequadas, as quais a curto ou longo prazo podem proporcionar sérios danos ao corpo humano.

Muitos dos nossos hábitos de postura são adquiridos quando somos criança. E para os pequenos, alguns movimentos, inicialmente, apresentam certa dificuldade, como por exemplo, sentar.

E os médicos do instituto Perfect Children’s Center identificaram que desde muito cedo as crianças adotam maus hábitos de postura, que consequentemente, podem ter efeito negativo na vida adulta. No estudo, eles atentam para os perigosos de se sentar em ‘W’, posição muito adotada na infância.

De acordo com os médicos, a posição interfere diretamente na formação dos músculos e no equilíbrio da criança, o que pode afetá-la futuramente. Os especialistas afirmam que o W remete a uma incorreta utilização dos tendões, ligamentos e articulações, resultando em problemas à integridade corporal, já que podem limitar e afetar seus movimentos de membros superiores.

A recomendação médica aos pais é a de que mantenham a criança portando-se em W o mínimo de tempo possível, trabalhando-as para que aprendam outras posições que exercitem sua musculatura, como sentar com pernas cruzadas, pernas dobradas para o mesmo lado ou esticadas para frente. Quando mais a criança ir variando, mais exercita e fortalece seus músculos.

Ainda sobre o W, outra ressalva alertada pelos especialistas é a de sobrecarga sobre a parte inferior do corpo. Quando aplicam tal postura por um longo período de tempo, o corpo aumenta a pressão e a carga sobre as coxas e as nádegas. O esforço sobrecarrega os tendões dos calcanhares e podem fazer com que a estabilidade muscular seja severamente prejudicada.

E o problema também foi identificado entre crianças com paralisia cerebral, segundo cientistas norte-americanos da Universidade de Louisville. Nelas, o exercício da posição se dá pela má formação ou limitado desenvolvimento do corpo devido a paralisia. O W se torna um hábito para essas crianças devido sua dificuldade em desenvolver outras posturas, mas contrai os mesmos efeitos negativos.

Portanto, é importante que os pais estejam cientes dos problemas que podem ser conduzidos às fases de crescimento, desde a infância. E também, é fundamental você, responsável, sempre incentivar a criança a variar seus movimentos, evitando deixar que os pequenos tomem certas posturas como hábitos e assim potencializando seu desenvolvimento e evolução corporal.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário