Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Os 5 melhores frutos secos

Tipo:

412010000.jpg

Em muitos pratos doces e também salgados utilizam-se frutos secos. Por sua vez, podem-se consumir sozinhos como tira-gostos saudáveis ou para decorar bolos. Muitas são as alternativas para nos nutrimos com esses “superalimentos”. Conheça quais são os melhores frutos secos que não devem faltar em nossa dieta.


Confira também:

- 229 Receitas Low Carb

O que os frutos secos nos oferecem?

Muitas são as propriedades que os frutos secos nos trazem para o organismo. Algumas das mais destacadas são:

  • Ajudam a reduzir os níveis de colesterol “ruim” e aumentar o “bom”, graças ao seu teor de gorduras saudáveis também chamadas “insaturadas”, assim como também porque contém ácidos graxos oleicos e linoleicos e os tão populares Ômega 3. Todas essas equilibram os níveis de colesterol no sangue e se convertem, por consequência, em protetores do sistema cardiovascular, reduzindo o risco de sofrer ataques cardíacos.
  • Devido ao fato de que os frutos secos têm antioxidantes (como é o caso das vitaminas C e E), são fundamentais para combater os radicais livres, essas substâncias que são responsáveis pela formação de doenças degenerativas e o envelhecimento prematuro.

Fruto seco

  • São excelentes para diminuir o estresse, a fadiga e a síndrome pré-menstrual, devido aos seus teores de ácido fólico, muito bom, por sua vez, para aumentar as defesas do organismo.
  • Por último, os frutos secos oferecem fibra, pouca gordura saturada e muita insaturada, proteína vegetal, proteínas e substâncias bioativas como os flavonoides. Oferecem também minerais, potássio, cálcio, fósforo, ferro, zinco, entre outros.

É recomendável consumir os frutos secos sem salgar, fritar ou tostar, ou seja, crus como saem da casca. Se possível, não os refogue na manteiga e se isso acontecer, não adicione à preparação quente açúcar, sal ou corantes e conservantes.

Quais são os cinco melhores frutos secos?

Aqui revelamos a lista com os melhores frutos secos que deve consumir todas as vezes que quiser e puder:

  • Nozes: é também chamada de “superalimento” porque contém ácidos graxos Ômega 3, cujas propriedades mais destacas são melhorar os níveis de colesterol, não permitir o ganho de peso, proteger o coração, diminuir a degradação dos ossos, entre outras. Você pode consumir as nozes cruas, em massas ou bolos, refogadas em saladas ou arroz, etc.
  • Amêndoas: se você consumir 23 amêndoas, obterá a vitamina E que seu corpo precisa. Além disso, as amêndoas protegem dos radicais livres e absorvem gorduras. Você pode consumi-las em receitas doces ou saladas, seja polvilhada, processada, como leite, como recheio, para saladas, como manteiga e muito mais.

Frutos secos

  • Pistache: serve para saciar a fome voraz que pode nos atacar antes do jantar, por exemplo. Contém nutrientes benéficos porque serve para reduzir os riscos de sofrermos de degeneração macular devido à idade, principal causa da cegueira em idosos. Pode consumir pistache na salada ou sozinho, cru, assado ou refogado.
  • Avelã: contém ácido fólico, que previne doenças do coração e degenerativas, como o Alzheimer. Por sua vez, serve para diluir o sangue e relaxar os vasos sanguíneos, sacia muito a fome e pode ser consumida moída, em molhos de macarrões, picada, crua, etc.
  • Amendoim: apesar de pertencer ao setor dos legumes, muitos o conhecem como um fruto seco. Contém muito folato, que ajuda no desenvolvimento do cérebro e protege da deterioração cognitiva. É recomendado para mulheres grávidas e para vegetarianos, por conter ácido fólico, vitamina E e gorduras saudáveis.

Quais frutos secos não são aconselhados?

Isso não quer dizer que sejam “prejudiciais”, mas não oferecem muito em relação às suas vantagens. São três principais:

  • Pinhões: causam incômodos estomacais e gastrointestinais, mas oferecem uma grande quantidade de proteínas (31 gramas de proteínas para cada 100 gramas de pinhão).
  • Castanhas: seu teor calórico é muito baixo (ao redor de 200 calorias para cada 100 gramas), são muito ricas em açúcares e muito pobres em proteínas e gorduras saudáveis.
  • Sementes de girassol: não são boas porque são vendidas com muito sal adicionado e isso não é saudável. Quando estão cruas e sem sal, não têm muito sabor.

Sementes secas

Imagens oferecidas por Steve Parker, Steffen Zahn, Deus X Florida, Health Alicious Ness e oatsy 40.


Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário