Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Médica ensina a remover espinhas das costas e diz: erro no banho pode ser a causa

Tipo:

 

Cravos e espinhas nas costas são tão indesejáveis quanto comuns e, como em um passe de mágica aparecem de repente, principalmente na região próxima aos ombros. Além de causar desconforto estético, quando usamos uma blusa mais aberta, por exemplo, os cravos e espinhas podem inflamar e provocar dor. Mas, tem jeito de cuidar e, acredite, prevenir. A solução pode estar na forma que você toma banho e lava seus cabelos, de acordo com dermatologista.

Causa de espinha nas costas

Espinhas podem aparecer por questão de genética ou por hábitos do seu dia a dia

Quem tem pele oleosa pode apresentar maior propensão a desenvolver cravos e espinhas nas costas, como acontece na acne facial. Este quadro pode se agravar em períodos de alteração hormonal, como na entrada da puberdade, e se houver predisposição genética.

Roupas sintéticas também abafam a região e podem piorar a situação das costas. “O ideal é usar roupas feitas de 100% algodão ou malha fininha”, destaca a dermatologista Aline Vieira.

As mulheres de cabelos compridos também devem ficar em alerta para a incidência de erupções cutâneas.

“Se o cabelo for oleoso e comprido, o óleo dos fios pode descer para as costas. Também pode haver um aumento de gordura na pele das costas quando se passa produtos como condicionador e leave-in e não os tira completamente”.

Como evitar espinhas nas costas

Durante o banho

A dificuldade de acessar a área das costas para a limpeza durante o banho pode ser um motivo do surgimento das espinhas.

Com isso, os produtos que passamos nos cabelos podem ficar “grudados” na pele, condição ideal para as espinhas aparecerem.

“Para evitar isso, a dica é tirar todo o produto, prender o cabelo com um acessório, como uma piranha e, na sequência, passar um sabonete normal e um composto de enxofre ou ácido salicílico”, orienta a especialista.

Os dois componentes podem ser encontrados em sabonetes com ação anti-inflamatória e de antioleosidade, vendidos em farmácia.

“Depois é importante enxugar a região com toalha. Se for passar um produto nos cabelos depois, faça já vestida para ele não entrar em contato com a pele diretamente”.

A dermatologista recomenda não passar nenhum creme hidratante na região, a não ser que seja uma loção antiacne.

Uso de bucha vegetal

Esfoliação deve ser feita 2 vezes por semana

Esfregar com bucha vegetal, entretanto, é indicado para esfoliar a pele e remover as células mortas. “Mas, não pode ser feito todos os dias, no máximo, 2 vezes por semana”.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário