Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Mãe não consegue ver rosto de filho que sofreu queimaduras com ácido causadas por homem que a assediava

Tipo:


Quem teria coragem de fazer algo assim com uma criança indefesa? Infelizmente, há uma resposta clara para essa pergunta: o homem chamado Mangal teria cometido todo o crime.

A história, na verdade, começa bem antes dessa terrível tragédia, em Nova Delhi, na Índia. Há cerca de um ano, esse mesmo homem vinha continuamente seguindo a mãe Soni Prasad, pedindo que ela se casasse com ele. Logo, a mulher confidenciou o caso a seu marido, Jamna.

”Eu continuava recusando sua oferta, mas ele simplesmente não parava,” conta Soni ao Daily Mail. ”Ele era muito intimidante. Eu fiquei com medo que ele fosse fazer algo comigo quando meu marido estivesse fora.”

Assim, juntos, ambos decidiram que o melhor seria que eles se mudassem para Shanti Nagar, em Gurugram, um outro distrito em Nova Delhi. O que não esperavam, contudo, era que algo terrível aconteceria a seu pequeno filho, o garoto de 2 anos, Aditya Raj.

No dia 13 de dezembro, ele simplesmente sumiu de vista enquanto brincava fora de casa com a família. Desesperados, amigos e outros familiares começaram a procurá-lo incessantemente. Finalmente, Soni decidiu chamar a polícia.

”Eu definitivamente tinha medo que Mangal tivesse pego Aditya. Ele queria vingança. Eu senti que ele o havia sequestrado, pois assim eu seria forçada a ir até ele,” diz a mãe.

Logo, no dia seguinte, o garoto foi encontrado chorando perto de um lixo por um caminhoneiro. Foi aí que Jamna teve certeza de que o responsável por tudo aquilo havia sido Mangal.

”Mas quando ele descobriu que havíamos chamado a polícia, ficou estressado. Ficou com medo e descartou meu menino,” disse ele. ”Meu filho foi encontrado gritando com queimaduras de ácido em sua pele deitado ao lado de um lixo. Quem faria algo assim com um menino?”

Rapidamente, Aditya foi levado ao hospital especializado em queimaduras e depois transferido para um hospital privado em Gurugram. Apesar de o casal não poder pagar por este tipo de atendimento, a caridade local Make Love Not Scars pagou todo seu tratamento.

”Sua condição era grave quando ele chegou. Ele sofreu quase que 20% de queimaduras em seu rosto, ombro e nas duas mãos,” afirmou o cirurgião plástico, Dr. Anurag Pandey do Sir Ganga Ram Hospital. ”Com sua vida fora de perigo, sua visão continua em risco. A córnea de seu olho está ferida, mas estamos fazendo tudo o que podemos para salvar sua visão. Temos mantido seus olhos fechados para que eles tenham tempo para se curar.”

Mais pra frente, o garoto deve passar por cirurgias, uma especificamente para seu ombro.

Agora, Soni, grávida de oito meses de seu próximo filho, não poderia estar mais afetada com tudo isso: ”Meu marido diz que eu não conseguiria lidar se o visse. Eu não sei como eu conseguiria me controlar se o visse com dor. Os responsáveis deveriam ser enforcados ou punidos da mesma forma que atacaram meu filho.”

Felizmente, um deles foi pego pela polícia (Govind Ram Das, um fazendeiro de Gurugram), mas Mangal ainda está foragido.

Resta agora esperar pela recuperação de Aditya.

Fotos: Cover Asia Press/Faisal Magray.



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário