Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Jovem de 14 anos morre após acidente de carro causado por motorista bêbado. Então policial revela algo importante sobre o caso

Tipo:


O número de mortes causadas por acidentes de trânsito causados por motoristas que estavam alcoolizados ainda é muito alto. Apesar da criação de leis responsáveis por esse tipo de situação terem ajudado na diminuição do número de acidentes, esse ainda é um fator muito ocorrente no Brasil.

Por isso, é importante alertar à todos os motoristas as grandes consequências que podem ser causadas ao dirigir alcoolizado. Essa atitude é crime, podendo levar à prisão, ou pior: a morte. E foi exatamente assim que um jovem de apenas 14 anos perdeu sua vida em uma rodovia de San José, na Califórnia.

Andrew Nguyen viajava com Jessica Zamora, eles iam ao encontro de sua família. Porém, suas vidas chegaram ao fim após colidirem com um motorista embriagado. Jessica deixou uma filha de 5 anos para trás.

Revoltada com a situação, uma das oficiais que ajudaram no resgate do menino resolveu tomar uma atitude e se solidarizar com a família do jovem. Então ela e mais 11 policiais compraram um cesto de flores e levaram até à casa da família em luto.

Ao chegarem na casa, a família os recebeu muito bem e sentiram-se emocionados com a atitude dos policiais. O pai e o tio de Andrew ficaram incrédulos ao ver que os oficiais se importavam o suficiente para fazerem uma visita.

“Enquanto estávamos lá, notei uma coisa … Todos os presentes de Natal do menino estavam em uma pilha na mesa de café. Eles deveriam ser abertos apenas algumas horas após o acidente”, conta DelliCarpini ao Liftable.

Além da visita, a policial decidiu deixar um recado muito importante em suas redes sociais, para que todas as pessoas tivessem ciência da gravidade do incidente. Em sua nota, ela pediu aos leitores para que nunca dirigissem após beberem e que com tantas alternativas disponíveis, não haveria uma desculpa válida para ficar atrás do volante depois de tomar uma bebida.

Veja a publicação completa da oficial DelliCarpini:

“Respondemos na manhã de Natal a uma dupla colisão fatal onde um inocente garoto de 14 anos perdeu a vida nas mãos de um motorista bêbado com um mandado pendente por um incidente de condução bêbado anterior.

Vimos os destroços … as peças do carro … a luta dos médicos e pessoal de bombeiros para salvar as vidas dos envolvidos.Vimos os pais conscientes, respirando, embora doloridos, e tínhamos que removê-los de seu filho para que ele pudesse obter atenção médica.

Infelizmente, somos os primeiros a saber quando alguém sucumbe aos seus ferimentos. Nenhum pai deve ter que enterrar seu filho. E essa colisão me incomodou. Todas as colisões e perdas de vidas me incomodam, mas isso em particular fez meu coração doer.

Esta família perdeu o filho na manhã de Natal para algo que NUNCA deveria ter acontecido. Hoje à noite, antes do meu turno, comprei um simples cesto de flores brancas e um cartão para a família. Todos os oficiais que estavam na cena aquela noite assinaram o cartão e reuniram-se para oferecer apoio à família. Por quê? Porque sentimos a sua perda. Nós nos importamos.

(…) Quando todos nos aglomeramos ao redor da mesa da sala, o pai do menino desceu as escadas, obviamente ferido por seus sentimentos. Sua esposa permaneceu no andar de cima, ainda com muita dor para ser móvel. Apresentamos o cesto de flores e o cartão ao pai e ao tio. Eles não podiam acreditar que chegamos a vê-los, muito menos muitos de nós.

(…) À medida que saímos de casa para voltar ao trabalho, o pai e o tio sacudiram todas as nossas mãos e nos agradeceram repetidamente.

Eu não estou postando isto para receber atenção ou para ter reconhecimento, mas para dizer uma coisa muito importante: Não são apenas os motoristas e passageiros que são afetados em acidentes como esse. Não são apenas os amigos e a família, não se trata apenas de mães, filhas, pais ou filhos … Todo mundo é afetado. Médicos, bombeiros, policiais.

Não beba e conduza, a devastação sentida tem um efeito inacabável. Escolha um motorista da vez, chame um Uber, chame um táxi, durma no seu carro, fique na casa de um amigo, chame sua mãe, chame até mesmo a polícia (…) Eu prefiro te levar para casa do que sentir o que eu e minha equipe sentimos nessa manhã de Natal.

Essa família nunca mais estará inteira novamente. Só espero que eles recebam muito amor e apoio dos amigos e familiare, e que isso os ajude a passar por essa tragédia.

Descanse em paz, querido garoto. Você não será esquecido”.

O recado dessa policial é realmente muito importante, esperamos que todos sejam tocados por suas palavras e que as pessoas percebam a real gravidade dessa atitude. Ao fazermos nossa parte, tornamos o mundo um lugar melhor.

Fotos: Liftable



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário