Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Instalador da NET assedia mulher com mensagens vulgares e empresa se pronuncia

Tipo:

juliana-capa

A empresa de serviços de comunicação, NET, demitiu o funcionário que gerou polêmica ao assediar uma cliente da operadora ao pegar o celular dela e enviar mensagens com palavras de baixo calão e gerar pânico na mulher. Juliana Barros, de Santos, contou que o homem começou a falar coisas de teor sexual para ela e isso gerou pânico na santista.

Juliana conta que o contato entre ela e o criminoso começou no final do mês de junho, quando ele teria ido até sua casa para fazer a instalação de eletrônicos que ela solicitou à empresa. Mas ela se viu com um impasse, porque não tinha o aparelho necessário para concluir o atendimento, sendo assim, ele deixou o seu número pessoa para que ela falasse com ele assim que o equipamento estivesse sido comprado.

Assim, ele se viu na liberdade de respondê-la de maneira invasiva e depois baixar o nível das conversas, fazendo pouco caso das ameaças de Juliana de denunciá-lo. “Mandei mensagem para ele, uma semana após a visita [começo de junho] avisando que não consegui encontrar o equipamento. Ele falou que ia me ajudar com um adaptador similar que ele tinha e me chamou de gata. Isso já chamou minha atenção, mas levei adiante”, contou Juliana ao G1.

Depois de alguns dias, o funcionário foi até a casa dela, pois a fotógrafa já tinha adquirido o equipamento, mas o que foi mais alarmante ainda, é que ele chegou tarde da noite e Juliana preferiu não permitir que ele entrasse em sua casa e o atendeu na portaria. Passado essa situação, ele assediou ela mais ainda a ponto de deixar a mulher assustada. “Primeiramente, ele começou falando coisas muito baixas. Em seguida, disse que toda burguesa quer tomar tapa na cara e me chamou de vaca. Essas últimas mensagens foram no dia 22 de julho”, conta.

Foi então que ela decidiu procurar a polícia e registrar um boletim de ocorrência. Além disso, a vítima publicou o ocorrido em sua página no Facebook para mostrar o absurdo vivido. Em nota, a NET declarou que o funcionário foi identificado e demitido da empresa e que além disso o caso está sendo apurado na esfera criminal, por meio do boletim de ocorrência registrado por Juliana. A empresa também se declarou disponível para colaborar nas investigações policiais. “Reforçamos que o caso denunciado está em total desacordo com os valores e código de ética da empresa. Por fim, destacamos que a NET possui um canal exclusivo para comunicação de desvios de conduta de colaboradores, por meio do e-mail conduta.net@net.com.br, Todos os casos reportados são rigorosamente averiguados, com sigilo e discrição necessários”.

Ainda com muito medo da situação, Juliana disse que não pretende receber prestadores de serviço em sua casa novamente. “Eu estava com um maníaco dentro de casa. Algo tem que ser feito, pois eles podem ter a mesma atitude com outras mulheres. Decidi falar sobre o que aconteceu comigo exatamente para que outras mulheres, que sofreram com isso, tenham coragem para denunciar”, alerta.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário