Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Homem xinga mulher no trânsito. E fica chocado quando ela reage DESSE jeito

Tipo:


Não precisa ser mulher para perceber a sacanagem que as pessoas do sexo feminino sofrem por dirigir.

“Tinha que ser mulher mesmo” é a frase mais escutada por mulheres que dirigem.

A engenheira Jéssica Godoy, de 24 anos, já ouviu a frase diversas vezes. Recentemente, ao ir para o trabalho, foi ultrapassada por um motorista em alta velocidade e xingada pelo motivo mais ridículo de todos: estava respeitando o limite de velocidade da via! Simples assim.

Mas ela não deixou barato e deu uma resposta à altura ao machismo:

“Queria aproveitar agora que eu estacionei o meu carro pra mandar um recadinho para o rapaz que me ultrapassou hoje cantando pneu e gritando pela janela que “tinha que ser mulher mesmo”. Foi tão rápido que eu não tive nem chance de responder na hora.

Mas ô, infeliz, tinha que ser mulher mesmo pra respeitar o limite de velocidade de uma via, para não precisar ter um sinal vermelho em cima da minha cabeça para poder parar e dar preferência a um pedestre. Tinha que ser mulher mesmo pra acordar mais cedo e escolher roupa, passar maquiagem, fazer cabelo (…) Tinha que ser mulher mesmo para sair de casa zelando pela vida de todo mundo quando senta atrás de um volante, inclusive a sua (…)

Então você tenha uma boa viagem, dirija com mais segurança, seja um pouquinho mais mulher no trânsito de repente, vai ser bom para você e para todo mundo.”

A resposta de Jéssica viralizou na internet e ela está sendo apoiada por milhares de pessoas.

“Parece que os homens se sentem donos da rua ao volante. Se você está certa, mas não faz o que querem, eles te xingam. Se você está errada, também te xingam. Somente pelo fato de ser mulher, e não necessariamente por estar fazendo algo errado. Não faz sentido. Não é o gênero que vai definir se a pessoa é bom ou mau motorista. Assim como não posso falar que todos os homens são agressivos ao volante. Eles não podem se sentir no direito de usar meu gênero para me diminuir. Muito menos a minha capacidade de dirigir,” disse.



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário