Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Estudo comprova que a Coca-Cola brasileira é a mais cancerígena do mundo. Veja o porquê

Tipo:


Não é surpresa para ninguém o quanto o consumo da Coca-Cola é perigoso. Por mais saborosa que ela seja, seu efeito no organismo pode ser devastador, principalmente quando consumida de forma constante.

Um fator que chama muito a atenção – de forma extremamente negativa, por sinal – foi apresentado por meio de um estudo divulgado pelo IDEC (Instituto de Defesa do Consumidor), após apuração de dados do CSPI (Center for Science in the Public Interest): a Coca-Cola brasileira é a mais cancerígena do mundo.

Isso se deve a uma substância bastante específica, cujo nome é 4-metil-imidazol, ou 4-MI, como também é conhecida. Ela está presente no corante de caramelo IV, que chegou a ser proibido nos Estados Unidos e, em países como a Inglaterra, ativistas pedem para que a mesma medida de proibição seja implantada.

  1. Foto: Reprodução

A tabela abaixo mostra quantas microgramas da substância estão presentes na Coca-Cola, usando como base medidas de 355 ml do produto. Repare como a diferença para os outros países é grande.

O segundo lugar, que não aparece na lista, seria o Quênia, com 177 cmg em um copo com 355 ml. Ainda assim, uma diferença considerável em relação ao Brasil.

O IDEC encaminhou os resultados obtidos à ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) levantando o questionamento a respeito da periculosidade do corante Caramelo IV e sua associação direta com o câncer. Foi identificado que a regulação do país em relação ao tema é bastante falha e que os fabricantes de refrigerantes – e também de energéticos – não se dispõem a informar o consumidor a respeito das substâncias que oferecem maiores riscos à saúde.

Enquanto os padrões pré-estabelecidos pela ANVISA não forem alterados, é muito pouco provável que a Coca-Cola faça alguma alteração em sua composição.

Será que vale a pena continuar correndo esse risco e a consumindo normalmente?



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário