Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Ela levou dois tiros do ex-marido e desmaiou. Quando acorda, fica surpresa ao saber quem salvou sua vida

Tipo:


No dia 11 de Abril de 2014, Rachel Moore, mãe de cinco filhos, foi agredida gravemente por seu ex-marido e pai de seus filhos. A sua chance de sobrevivência veio de um ato heroico das crianças que na época tinham entre 2 e 14 anos, que conseguiram salvar a vida da mãe.

Enquanto mãe solteira e ainda com apenas três filhos, ela conheceu um homem chamado Daryl, com quem teve uma vida plena durante 7 anos e então concebeu os outros dois herdeiros. Contudo, há três anos sua vida mudou totalmente quando seu marido decidiu agredi-la. Ela já tinha sido vítima de violência doméstica em seu relacionamento anterior e jurou que não voltaria a se sujeitar à essa situação novamente. Após ser agredida, ela terminou sua relação com Daryl.

Nos dois anos seguintes, Rachel criou seus filhos sozinha e manteve uma relação minimamente amigável com Daryl, até porque ele queria continuar vendo seus filhos. Mas em determinada noite, Daryl teve um ataque de fúria e foi até a casa de Rachel em uma noite, totalmente bêbado. A mãe, aterrorizada, colocou as crianças dentro de um quarto enquanto o ex marido, armado com uma espingarda, invadia a casa. Depois de proteger seus filhos, ela levou dois tiros no braço e desmaiou devido aos ferimentos que foram muito graves. Foi então que as crianças entraram em ação.

Cameron, então com 12 anos, foi contra Daryl e conseguiu pegar a arma para levar até o quintal de casa. Enfurecido, o homem tentou atacar a ex mulher novamente, mas foi impedido por Jayden, 14 anos na época que foi ajudado por Cameron que deu um soco no padrasto e o deixaram inconsciente por asfixia. Em resumo, os meninos enfrentaram um homem com o dobro de seus tamanhos.

Cameron, Jaden e Kylee, receberam treinamento de luta e artes marciais e afirmam que apenas duas semanas antes haviam aprendido as técnicas de defesa que usaram para salvar a vida da mãe. Se não tivessem sido corajosos e rápidos, talvez a mãe não tivesse resistido ao ataque. Ela foi levada rapidamente ao hospital e hoje está bem e saudável junto de sua família, com quem compartilha nas redes sua experiência de violência doméstica.



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5


Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário