Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Dieta sugar-free emagrece 10 kg em 2 meses e cura qualquer vício em doce

Tipo:

Dieta-sugar-free-emagrece-10-kg-em-2-meses-e-cura-qualquer-vício-em-doce

Você tem dificuldades para emagrecer porque não consegue deixar o açúcar de lado? Este pode ser um sintoma de você já está viciada no ingrediente, e fica cada vez mais difícil de largar. A promessa da dieta I Quit Sugar é curar essa compulsão por açúcar, secar 10 kg e mudar a vida para sempre.
Dieta sem açúcar para emagrecer

A intenção da dieta sugar-free não é cortar doces para sempre, e sim por algum tempo – o suficiente para que o vício seja “curado”. A jornalista australiana Sarah Wilson foi a responsável pela criação do cardápio, e lançou o livro com o nome da dieta, I Quit Sugar, best-seller nos Estados Unidos e na Europa.

Como é feita?

A dieta dura oito semanas e é gradual. Primeiro, são retirados o açúcar refinado e a farinha refinada de fontes diretas, como bolo, refrigerante, açúcar refinado, massas, pães e salgadinhos. Vinagre balsâmico e ketchup, que também são ricos no ingrediente, não entram. As frutas são outras que ficam de fora da dieta – por causa da frutose, açúcar nelas presente. Produtos diet e zero também estão proibidos, por conta do que Sarah chama de “efeito rebote”: eles podem até ter menos calorias, mas acabam dando mais vontade ainda de comer doce algum tempo depois de ingeri-los. A dica da autora é usar a estévia, adoçante natural que traz benefícios para a saúde. Quando a dieta acaba, você vai reintroduzindo os alimentos açucarados aos poucos, mas já sem a compulsão por açúcar e com o estilo de vida transformado.

A autora do livro relata que perdeu 10 kg, não sente mais tanta vontade de comer doce, equilibrou os hormônios e retém muito menos líquido. Além disso, livrou-se do problema de dores de cabeça constantes que tinha.

Funciona?

De acordo com a nutricionista Tamara Rocha, do Espaço CM Nutrição, no Rio de Janeiro, o açúcar é altamente viciante. “Quando o açúcar é consumido, ocorre a liberação de dopamina, substância responsável pela sensação de bem-estar. Há um estudo do Instituto Brookhaven National Laboratory, nos Estados Unidos, que diz que a parte do cérebro que é estimulada para produzir a dopamina, quando ingerimos açúcar, é a mesma que é acionada no uso da cocaína”, diz. Além disso, o consumo de guloseimas estimula a liberação de substâncias chamadas opioides, que também proporcionam uma sensação de prazer.

Motivos para cortar o açúcar

É sabido que o excesso do alimento causa uma série de problemas para a saúde e há muitos motivos para banir o açúcar do dia a dia. “Ele eleva os níveis de glicose e de insulina, hormônio responsável por converter a glicose em energia e em estoques de gordura. Quanto maior a quantidade de açúcar ingerida, maior será a quantidade de insulina produzida”, explica a nutricionista. Dentre as consequências para o organismo, estão o aumento da gordura como um todo, risco de diabetes, depressão, disfunções intestinais, entre outros.

Por isso, o corte do açúcar e da farinha refinada, em qualquer dieta, traz diversos benefícios. “O organismo fica mais regulado: o intestino passa a funcionar melhor e há a redução de sintomas associados ao consumo desses alimentos, como dores de cabeça e cansaço. A autoestima também melhora, já que a pessoa vai conseguir perder peso e ter mais qualidade de vida”.

Quanto emagrece?

De acordo com Tamara, portanto, cortar o açúcar da dieta funciona para perder peso. “A quantidade da perda vai depender da adesão e do tempo da dieta, mas, ao cortar alimentos ricos em açúcar, é certo de que haverá um emagrecimento significativo”.

O “efeito-rebote” dos produtos diet e zero, mencionado pela autora da dieta, é real, segundo a nutricionista. “Ele acontece porque o consumo dessas substâncias não-calórica promove um enfraquecimento da resposta fisiológica do organismo. Há uma compensação calórica incompleta. Ou seja, a habilidade natural do organismo de controlar o consumo de calorias é “enganada”. Isso ativa mecanismos de recompensa alimentar, causando aumento do apetite e de ingestão alimentar”, explica.

Como perder o vício em açúcar?

Tudo depende da individualidade bioquímica e do estilo de vida de cada um, mas Tamara indica alimentos que podem modular os neurotransmissores envolvidos na compulsão alimentar e no vício pelo açúcar. “Entre eles, estão a aveia, a canela, os vegetais verde escuros e arroxeados, milho, abacate, frutas vermelhas e especiarias. A prática de exercício físico também ajuda”, aconselha.

Informação importante: cortar as frutas pode fazer mal à saúde

A ressalva de Tamara sobre a dieta I Quit Sugar é em relação ao corte das frutas. “Elas são fundamentais para a saúde. Fornecem vitaminas importantes para o funcionamento adequado do organismo, e o problema, quando se diz respeito ao açúcar, não é a frutose presente naturalmente nas frutas, e sim a frutose concentrada, usada no xarope de milho que adoça os refrigerantes, sucos industrializados e outros produtos”, explica. O excesso de frutose no organismo é transformado em gordura, responsável por aumentar os níveis de triglicerídeos e de gordura hepática. Assim, Tamara diz que esta dieta tem que ser muito bem orientada e individualizada, pois pode causar deficiências nutricionais importantes. “Tudo que foi cortado é dispensável ao organismo – com exceção das frutas”, diz.

Contraindicações

Crianças não devem fazer esse tipo de dieta, pois estão em fase de crescimento e qualquer deficiência nutricional pode afetar seu desenvolvimento. Ela não é indicada também para gestantes e idosos, que estão em fases de alta demanda nutricional.

Cardápio da dieta sem açúcar

Desjejum

  • 1 copo de suco de frutas vermelhas + chia
  • ​Panquelete de claras:  1 ovo + 2 claras + orégano

Lanche da manhã

  • Mix de oleaginosas + 1 xícara de chá branco

Almoço

  • Salada de folhas cruas à vontade, temperadas com azeite e limão
  • 2 col sopa de legumes crus ou al dente
  • 4 col sopa de arroz integral /batata doce/ aipim
  • 1 porção de proteína magra
  • ½ concha de feijão/lentilha

Lanche da tarde

  • 5 unidades de cenoura baby com pastinha caseira de frango + 1 xícara de chá verde

Ou

  • 1 unidade de iogurte natural com 1 colher de mix de fibras

Jantar

  • Igual ao almoço

Ceia

  • 5 damascos




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

1 votos, média: 1 de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário