Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Como parar a menstruação: conheça três métodos para não menstruar!

Tipo:

Como-parar-a-menstruação-conheça-três-métodos-para-não-menstruar

Seja para melhorar o desempenho nos esportes, acabar com o sofrimento das cólicas ou mesmo a TPM, sempre existem mulheres que estudam a possibilidade de interromper a menstruação. Além disso, “o ritmo de vida hoje é tão corrido que as mulheres não querem deixar de fazer nada em função de uma indisposição física que pode ser evitada”, comenta o ginecologista Dr. Domingos Mantelli. Mas, afinal, como parar de menstruar?

Métodos para interromper menstruação

Segundo o especialista, o método mais simples é bem conhecido: emendar uma cartela de pílula na outra. Existem pílulas para uso contínuo e pílulas para 21 dias que podem ser adaptadas à situação. “A receita não é igual para todas as mulheres. As pílulas têm composição diferentes umas das outras e vão ser prescritas de acordo com as características de cada uma. Mulheres acima do peso, mulheres que têm um fluxo menstrual muito intenso, mulheres que têm hipertensão arterial, todos esses perfis são analisados minuciosamente pra evitar que, ao longo do uso, ocorram alterações desnecessárias. A suspensão da menstruação é uma solução muito usada para quem tem endometriose e anemia crônica”, explica Dr. Mantelli.

Outro método é o DIU medicado com progesterona. Em uma grande porcentagem de mulheres, ele suspende a menstruação intensa, podendo ocorrer pequenos sangramentos, mas sem todos os sintomas que acompanham o ciclo menstrual.  Em torno de 80% das adeptas, a menstruação para de acontecer.

Há também as injeções trimestrais de progesterona, que podem causar ganho de peso, por isso, afirma o médico, “precisa de um acompanhamento para que esse ganho não seja excessivo e prejudique a saúde em outros aspectos”.

Para qualquer opção, é extremamente necessário consultar um ginecologista. Isso porque cada caso é um caso e não se deve aceitar indicações de amigas. “Os históricos familiares podem não ser os mesmos. Uma mulher que tem casos de trombose na família pode se expor a um risco sem perceber. Até hoje ainda ocorrem alguns casos de trombose em mulheres jovens porque tomaram a pílula sem prescrição”, alerta o Dr. Domingos Mantelli. Detalhes como esse são revelados na conversa com o médico, que pode chegar à combinação de hormônios e métodos mais adequada.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

6 votos, média: 2.5 de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário