Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Como evitar o suor excessivo?

Tipo:

Todas as pessoas transpiram, seja no verão, ao praticar esportes ou por permanecer em ambientes de temperatura muito elevada. Porém, o problema começa quando o suor é excessivo, acompanhado por mau cheiro e mancha as roupas na região das axilas, o que causa muita vergonha.

O que saber sobre a sudoração “normal” e a excessiva?

O corpo elimina as toxinas, impurezas e também gorduras através do suor, da transpiração. O suor é gerado pelas glândulas apócrinas, as quais segregam feromônios, que desempenham um importante papel na atração sexual. Porém, em nossa sociedade, obviamente, mau cheiro é causa de afastamento.

Dentre as causas da sudoração excessiva se encontram a alimentação, a genética ou o uso de certos medicamentos. O nome médico desse transtorno é hiperhidrose. Além do rosto, pode afetar também as mãos e os pés e é um problema que aflige a 5% da população mundial.

A cosmética não é uma boa solução, porque a única coisa que se consegue com os perfumes ou desodorantes é mascarar o problema, algo que a longo prazo pode causar irritações na pele.

Dicas para evitar a sudoração excessiva

Modifique suas expectativas: um problema muito habitual entre pessoas que enfrentam diariamente a sudoração excessiva é que de maneira inconsciente pensam “dessa vez não suarei”, mas claro que isso é impossível. Então, quando começam a transpirar se frustram, deprimem, sentem vergonha, etc. Durante o verão, analise o suor como algo normal, incômodo a qualquer pessoa. Fazer isso reduzirá a ansiedade.
Tenha sempre água por perto: uma garrafa de água em ambientes quentes ou em pleno sol será como um oásis no deserto. Essa mudança de hábito fará com que seu organismo esteja sempre hidratado e você não sue tanto, mas, ao mesmo tempo, servirá para ajudar a eliminar mais toxinas, melhorará a saúde da pele, das unhas e do cabelo e ajudará nos processos de queima de gordura.
Lembre-se que o suor sempre seca: sem dúvida quem sofre desse problema se sente empapado constantemente e não vê uma saída. Porém, quando estamos em um ambiente mais agradável a roupa acaba por secar, logo, as axilas e os pés também.
Abandone a cafeína: esse composto não está presente apenas no café, mas também em infusões e refrigerantes (principalmente aqueles à base de cola). Abandonar o consumo de cafeína trará mais alívio para o problema, fará com que você sue menos, principalmente se sua opção forem líquidos tais como sucos naturais e água ao invés de um café com leite.
Use roupas frescas e mais folgadas: roupas de licra e outros materiais sintéticos agravam esse problema. O melhor é optar por camisas e meias de algodão, que não sejam coladas no corpo e permitam a transpiração dos poros. Evite as cores muito escuras, prefira o branco ou os tons pastel.

Remédios caseiros para controlar a sudoração excessiva

Faça um desodorante ou anti-transpirante caseiro. Desodorantes do tipo que compramos em lojas geralmente só tiram o cheiro, mas não são capazes de deter a sudoração e, além disso, obstruem os poros com toxinas (por isso as axilas se tornam escuras). Os ingredientes desse desodorante natural são: ¼ xícara de bicarbonato de sódio, 8 colheres de sopa de óleo de coco virgem (sem refinar), ¼ xícara de maisena e algumas gotas de óleo essencial (opcional). Misture o bicarbonato e a maisena, adicione o óleo de coco e bata tudo bem. Leve ao congelador para que solidifique. Aplique nas axilas, mas não faça-o depois de depilar a região.
Mais uma receita de desodorante caseiro: misture meia xícara de vinagre de maçã e 30 gotas de óleo essencial de alecrim ou lavanda. Deixe repousar por uma semana em um recipiente com tampa hermética, em um lugar seco e sem contato com a luz direta. Coloque três colheres de sopa na água do banho ou use durante o banho.
Esfoliação: o suor pode ser causado por um excesso de poros obstruídos pelos produtos de limpeza que usamos atualmente. Os melhores esfoliantes para resolver esse problema são a aveia, o sal marinho, o café moído e o suco de limão. Esfregue a região duas vezes por semana, pela noite, antes de dormir.

O leite de magnésio pode ser um bom desodorante caseiro, já que tira o mau cheiro e controla o suor ao mesmo tempo. Outra alternativa é esfregar suco de nabo nas axilas ou nas regiões onde haja suor excessivo.
Os banhos de vapor também podem ajudar a eliminar as toxinas do corpo, que logo saem pelos poros. Também ajudarão a relaxar o corpo e a mente, reduzindo o nível de hormônios do estresse. Beba muita água para se manter hidratado.
Use pó anti-transpirante, que permite absorver a umidade e matar as bactérias que causam o mau cheiro. Outra opção é misturar uma colher de sopa de amido de milho com algumas gotas de óleo essencial e aplicar depois do banho.
Os chás de ervas, especialmente os que têm sálvia, são eficazes redutores do suor. Essa planta é rica em vitamina B e magnésio, por isso reduz o estimula das glândulas sudoríparas. Beba duas xícaras por dia, no máximo, e preste atenção para não ferver muito a infusão, pois isso pode liberar toxinas ruins para a saúde.
Beba suco de uva ou tomate, eles podem ajudar a manter a temperatura corporal e evitar que o corpo se esquente muito, causando sudoração excessiva. Beba um copo por dia, ou à tarde ou pela manhã. Também ajudará a reduzir o risco de padecimentos como o câncer ou doenças cardíacas.
As batatas podem deter a transpiração excessiva. Corte algumas rodelas de batata crua e esfregue seu suco na pele. Deixe atuar por alguns minutos (até que seque) e depois enxágue com água e sabonete neutro.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário