Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Cirurgia Bariátrica: Visão e Experiência Nutricional

Tipo:


 

Por Nutricionista Carol Sartori:

Quando eu estava na faculdade, havia uma ala para tratamento de obesidade no HUB e essa cirurgia era feita apenas pelo SUS. Para ser operado o paciente precisava ter o aval de vários profissionais (psiquiatra, psicólogo, nutricionista, cardiologista, etc), exatamente porque a obesidade é uma doença MULTIFATORIAL. Hoje em dia basta pagar um médico maluco que ele faz um Bypass e pronto: Você vai “emagrecer”. É mesmo?
1. A perda de massa muscular após essa cirurgia é intensa. E massa muscular é um dos bens mais preciosos que um ser humano possui. Não é uma perda de peso saudável!
2. A flacidez geralmente é irreversível, diferente do emagrecimento lento e natural
3. O aspecto estético geralmente é péssimo nos pacientes bariatricos. A chance de você ficar feliz com seu corpo é pequena.
4. A saúde vai pro beleléu! Se você não se alimenta direito e não absorve direito: pele ruim, cabelo ruim, unhas ruins, depressão, mau humor, desnutrição…
5. Perder peso é diferente de emagrecer: a cirurgia é milagrosa na balança, mas devastadora na composição corporal.
6. Você gosta de comer? Após a cirurgia você provavelmente nunca mais vai a um rodízio de churrasco encher a barriga sem passar mal. A tolerância a proteína é baixíssima após a cirurgia.
7. A cirurgia deveria ser feita nos casos em que: ou a pessoa faz, ou ela morre em pouco tempo. Mas hj em dia virou comércio.
8. Não adianta mudar o estômago sem mudar a cabeça! Muitos voltam a engordar após a cirurgia. Afinal de contas, tomar leite condensado é muito fácil, seja lá qual for o tamanho do seu estômago.
9. As pessoas não são gordas porque tem o estômago grande. Elas são gordas porque nao sabem comer, ou porque não conseguem parar de comer. Então de que adianta cortar o estômago se ele não é o problema?
A cirurgia é como costurar a boca ou amarrar os braços para tras para que a pessoa não consiga comer. Ela não come menos pq aprendeu, pq se tratou. Come menos porque não consegue comer mais. Mas se a mente nao mudou, ela vai identificar os alimentos que consegue comer sem passar mal: sorvete, leite condensado, brigadeiro, doce de leite, chocolate… E aí vai engordar novamente.

Deixemos claro e objetivo que o texto fala dos casos sem sucesso da cirurgia bariátrica, visto que há casos de sucesso e também casos de pessoas que dispensaram a bariátrica e conseguiram emagrecer por si só. Consulte um bom médico, tente todas as alternativas e se caso decidir fazer, trabalhe todo o psicológico, emocional e reeducação para que haja sucesso em sua decisão.

AUTORA NUTRICIONISTA CAROL SARTORI



Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

1 votos, média: 4 de 5


Compartilhar via WhatsApp

Receitas Sugeridas...

Vontade de urinar frequente (incontinência urinária)? Porque isso acontece?

Com certeza já deve ter te acontecido alguma vez. Digamos que você...

Maionese caseira sem ovo

Gosta de maionese caseira mas não curte aquela receita que leva ovos?...

Batata gratinada com molho de queijo e presunto

Experimente essa dica de batata gratinada com molho de queijo e presunto!...

Frutas frescas e secas com molho de iogurte

Receita de Frutas frescas e secas com molho de iogurte, humm...

Deixe seu comentário