Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Cirurgia Bariátrica: Visão e Experiência Nutricional

Tipo:

 

Por Nutricionista Carol Sartori:

Quando eu estava na faculdade, havia uma ala para tratamento de obesidade no HUB e essa cirurgia era feita apenas pelo SUS. Para ser operado o paciente precisava ter o aval de vários profissionais (psiquiatra, psicólogo, nutricionista, cardiologista, etc), exatamente porque a obesidade é uma doença MULTIFATORIAL. Hoje em dia basta pagar um médico maluco que ele faz um Bypass e pronto: Você vai “emagrecer”. É mesmo?
1. A perda de massa muscular após essa cirurgia é intensa. E massa muscular é um dos bens mais preciosos que um ser humano possui. Não é uma perda de peso saudável!
2. A flacidez geralmente é irreversível, diferente do emagrecimento lento e natural
3. O aspecto estético geralmente é péssimo nos pacientes bariatricos. A chance de você ficar feliz com seu corpo é pequena.
4. A saúde vai pro beleléu! Se você não se alimenta direito e não absorve direito: pele ruim, cabelo ruim, unhas ruins, depressão, mau humor, desnutrição…
5. Perder peso é diferente de emagrecer: a cirurgia é milagrosa na balança, mas devastadora na composição corporal.
6. Você gosta de comer? Após a cirurgia você provavelmente nunca mais vai a um rodízio de churrasco encher a barriga sem passar mal. A tolerância a proteína é baixíssima após a cirurgia.
7. A cirurgia deveria ser feita nos casos em que: ou a pessoa faz, ou ela morre em pouco tempo. Mas hj em dia virou comércio.
8. Não adianta mudar o estômago sem mudar a cabeça! Muitos voltam a engordar após a cirurgia. Afinal de contas, tomar leite condensado é muito fácil, seja lá qual for o tamanho do seu estômago.
9. As pessoas não são gordas porque tem o estômago grande. Elas são gordas porque nao sabem comer, ou porque não conseguem parar de comer. Então de que adianta cortar o estômago se ele não é o problema?
A cirurgia é como costurar a boca ou amarrar os braços para tras para que a pessoa não consiga comer. Ela não come menos pq aprendeu, pq se tratou. Come menos porque não consegue comer mais. Mas se a mente nao mudou, ela vai identificar os alimentos que consegue comer sem passar mal: sorvete, leite condensado, brigadeiro, doce de leite, chocolate… E aí vai engordar novamente.

Deixemos claro e objetivo que o texto fala dos casos sem sucesso da cirurgia bariátrica, visto que há casos de sucesso e também casos de pessoas que dispensaram a bariátrica e conseguiram emagrecer por si só. Consulte um bom médico, tente todas as alternativas e se caso decidir fazer, trabalhe todo o psicológico, emocional e reeducação para que haja sucesso em sua decisão.

AUTORA NUTRICIONISTA CAROL SARTORI




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

1 votos, média: 4 de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário