Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

Após 14h de um trágico acidente, mãe morta consegue pedir socorro pela filha

Tipo:

444616fcf286df77cc8fc60fc81646ae.jpg

Uma tragédia quase indescritível aconteceu na Spanish River Fork, na cidade de Salt Lake City.

Um veículo ficou despercebido durante 14 horas, mergulhado nas águas geladas de um rio.

A temperatura estava tão baixa que os socorristas só conseguiam ficar pequenos períodos de tempo na água para socorrer quem estava no carro.

Lá dentro uma mulher gritava por socorro e reservava uma surpresa para todos. Bombeiros, policiais e equipes de emergência foram guiados pela voz da vítima na tentativa de salvá-la com vida.

“Para mim, era claro como o dia”,disse Warner Diretor de Jared do ABC Susanna Kim.“Eu lembro de ter ouvido uma voz que não soava como uma criança, apenas dizendo, ‘Ajude-me.’”Mas a questão que mais assusta, é que a única mulher que estava no carro se chamava Groesbeck Jennifer Lynn, e ela não sobreviveu. “Devido ao trauma que ela apresentava, nós suspeitamos que ela estava morta no momento do impacto. Eu não acredito que ela sobreviveu ao impacto do acidente de carro. Houve um trauma enorme “, disse o policial Matt Johnson. Mas havia outra pessoa no carro.

Com apenas 18 meses, Lily, estava viva e com condições estáveis. Os policiais viram a criança quando viraram o carro de lado e ela estava no assento do carro.

Talvez a única coisa mais impressionante do que o resgate de Lily, foi a sua recuperação. Apenas alguns dias após o acidente ela já apresentava sorrisos e uma melhora assustadora.

“Sua melhora é surpreendente. Ela está sorrindo e rindo para os membros da família. Estamos deslumbrado com o progresso de Lily e tão gratos aos seus salvadores!”-afirma a avó.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

votos, média: de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário