Água na Boca - Dicas culinárias e receitas deliciosas

Siga-nos e compartilhe

8 zonas erógenas femininas que o casal deveria explorar mais para intensificar o prazer

Tipo:

zonas-erogenas-femininas-610x300

Conhecer e acariciar as zonas erógenas masculinas é o segredo para enlouquecer o parceiro. Contudo, é preciso também conhecer o próprio corpo para saber quais são as principais zonas erógenas femininas e qual a melhor maneira de sentir prazer por meio delas.

Zonas erógenas femininas

Veja na galeria de fotos quais são os pontos mais sensíveis do corpo feminino que você deve descobrir durante a masturbação e ensinar o parceiro a explorar mais na hora H:

  • Clitóris e vagina: parte mais sensível do corpo feminino, o clitóris é o maior aliado quando o assunto é atingir o orgasmo. Segundo a sexóloga e terapeuta sexual Gloria Brame, a dica é ensinar ao parceiro a começar com leves toques na região e ir aumentando gradativamente a intensidade dos movimentos circulares.
  • Lábios: os lábios também estão na lista de zonas erógenas femininas. Para aumentar a sensação de prazer principalmente durante as preliminares, o segredo é alternar entre beijos sensuais e lentos e beijos intensos com leves mordidinhas dos lábios. Roçar os lábios antes de partir para o beijo também é uma ótima dica.
  • Nuca: a especialista explica que a nuca é um local com muitas terminações nervosas. Por isso, para ter ainda mais prazer, o truque é pedir que o parceiro explore bem a região com beijos, mordidinhas e outras carícias que arrepiarão o corpo inteiro.
  • Peitos: os seios, principalmente os mamilos, também oferecem muito prazer. A estimulação da região pode ser feita com as mãos, em movimentos circulares e com as pontas dos dedos nos mamilos, e com a língua. O toque nessa região estimula a produção de oxitocina, o chamado “hormônio do amor”, que causa prazer e bem estar.
  • Parte interna da coxa: correr os dedos na parte interna da coxa também proporciona gostosas sensações. O estímulo também pode ser feito com beijos e lambidinhas. O toque nessa região estimula a produção de oxitocina, o chamado “hormônio do amor”, que causa prazer e bem estar.
  • Pescoço: cheio de vasos sanguíneos, o pescoço também é uma região do corpo que oferece grande excitação. Estimule o parceiro a fazer carícias suaves e lentas de todos os tipos nessa região.
  • Orelhas: segundo Gloria, as orelhas também são muito sensíveis e podem ser estimulá-las pelo parceiro com a língua e por meio de frases sensuais e provocantes. A proximidade dos lábios é por si só uma excelente incitação.
  • Baixo ventre: a região entre o umbigo e o púbis também pode causar sensações prazerosas durante a masturbação ou preliminares se acariciada de maneira lenta e suave.




O renomado Dr. Rocha tem um vídeo bem INCRIVEL sobre emagrecimento, se tiver alguns minutos assista... Clique AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DO DR. ROCHA

Ingredientes

Avalie esta receita
Avaliação média

1 votos, média: 1 de 5

Compartilhar via WhatsApp

Deixe seu comentário